Jordy Smith é umas das presenças confirmadas. Jordy Smith é umas das presenças confirmadas. Foto: WSL/Morris

Itens relacionados

segunda, 26 fevereiro 2018 16:39

Pagar para estar presente; Está aí a nova era do Surf!

Pagar para assistir a campeonatos de surf… 

 

Por mera coincidência, ainda hoje de manhã falámos da concorrência entre a Wavegarden e o Surf Ranch e de como estes pretendem expandir-se/adaptar-se no futuro. Ora, relativamente ao Surf Ranch, corre o boato de que as instalações poderão estar disponíveis para alugar muito breve, mas, seja como for, para já, confirmado há instantes, está também a Founders’ Cup of Surfing presented by Michelob ULTRA Pure Gold. 

 

Muito sucintamente, trata-se de um evento especial da World Surf League, um campeonato que coloca frente-a-frente várias equipas de cinco elementos de diferentes regiões do planeta - Europa, Brasil, Estados Unidos, Austrália e Resto do Mundo - e que reúne alguns dos melhores surfistas da atualidade, como Gabriel Medina (Brasil), Kelly Slater (EUA), Stephanie Gilmore (Austrália), Johanne Defay (França) e Jordy Smith (África do Sul) - que são os capitães das regiões mencionadas. 

 

Depois do teste feito o ano passado, que resultou na confirmação de uma etapa do CT em 2018 - o Surf Cup Open em setembro; o Surf Ranch de Lemoore (Califórnia) volta a anunciar uma nova prova de surf que será realizada em apenas dois dias (5 e 6 de maio). 

 

Com este evento procura-se, pode ler-se no comunicado, “honrar a cultura do surf - comida, bebida, música, arte e convidados especiais no local do evento". O evento será realizado à porta fechada, mas terá ingressos disponíveis para venda a partir de 12 de março. 

 

Pagar para asistir a um campeonato de surf não é uma estreia, já aconteceu em tempos, mas a verdade é que há muito não víamos tal acontecer. É a nova era do surf a chegar, precisamente aquela que foi delineada pela WSL e pela equipa de Sophie Goldschmidt. 

 

Depois da discussão do “pay-per-view”, que pode vir a acontecer nos próximos tempos, parece que é agora a vez do “pay-to-attend” se tornar uma realidade. Mais um teste da WSL? Poderá ser este efetivamente o futuro do Surf? Bom ou mau para o desporto? Sinceramente, não nos parece que os fãs aprovem. Deixem-nos a vossa opinião na caixa de comentários em rodapé. 

 

O valor dos bilhetes não foi divulgado neste comunicado inicial, mas a pré-reserva é passível de ser feita aqui

 

Perfil em destaque

Scroll To Top