Arugam Bay, palco do trágico episódio. Arugam Bay, palco do trágico episódio. Foto: DR

Itens relacionados

sexta, 15 setembro 2017 11:07

Crocodilo ataca e mata surfista no Sri Lanka

 

Aconteceu em Arugam Bay…

 

A morte de um surfista no mar, no oceano, está, por norma associada a ataques de tubarões. No entanto, em Arugam Bay, uma das mais populares ondas no Sri Lanka, foi um crocodilo que causou a morte de um surfista num destes dias de setembro. 

 

Paul McClean, de 25 anos, um jornalista do Financial Times, que tinha começado a fazer surf há pouco tempo, encontrava-se instalado num surf camp perto de Arugam Bay quando, após ter ido ao WC, tomou a decisão de lavar as mãos numa lagoa próxima. 

 

Acontece que a lagoa, situada ao lado da praia, é conhecida por contar, ocasionalmente, com a visita de (vários) crocodilos. 

 

O ataque foi testemunhado por um pescador local que viu McClean ser agarrado, levado para baixo de água e depois transportado para a praia na boca do crocodilo. O pescador encontrava-se no lado oposto. O episódio foi horrível e macabro. 

 

Até à data não houve qualquer registo de ataques de crocodilos no Sri Lanka e tanto turistas como locais costumam surfar, de forma segura, na bela praia de Elephant Rock. 

 

Fonte adiantou que os crocodilos no Sri Lanka vivem apenas nas águas frescas e doces da selva e que nunca tinha acontecido um caso assim, com estes a deslocarem-se tão próximo da praia. A mesma fonte atestou que a água salgada os torna cegos. 

 

Agora, uma equipa de resgate local está a trabalhar em conjunto com a polícia e a Embaixada Britânica de forma a encontrarem o corpo do jornalista. 

 

Que a sua alma descanse em paz. 

Perfil em destaque

Scroll To Top