Na imagem, Jamie Mitchell prepara o seu colete para as ondas de Puerto Escondido. Na imagem, Jamie Mitchell prepara o seu colete para as ondas de Puerto Escondido. Foto: WSL

Itens relacionados

quinta, 29 novembro 2018 08:40

Coletes insufláveis: De que são feitos e como se usam?

Um tema pertinente uma vez que nos encontramos na temporada das ondas… 

 

A segurança vem sempre em primeiro lugar. Foi com isso em mente, sabendo que a temporada de ondas grandes já está a decorrer, com sessões XXL a terem lugar praticamente todas as semanas, que a Surftotal decidiu que estava na altura de mostrar como funciona um colete insuflável feito especificamente para ser usado no surf. 

 

Nos dias que correm, esta é uma peça importante no equipamento de segurança de um surfista uma vez que aumenta em muito as chances de sobrevivência aquando de uma situação de risco (por ex.: wipe out ou ficar debaixo de água muito tempo). Mesmo que o surfista fique inconsciente, o objetivo do colete insuflável é trazê-lo à superfície e, de preferência, com o peito e a cabeça virados para cima. 

 

 

Os coletes podem ser usados por cima do fato de surf, por baixo deste ou simplesmente sobre o corpo em regiões do globo onde a água é quente. Tem vindo a ser testado exaustivamente nos spots de referência internacional de ondas grandes, onde se inclui a Praia do Norte, obviamente, mas também Mavericks, Todos Santos, Teahupoo, Jaws, entre muitos outros. 

 

Não é um produto que se possa dizer acessível a todas as bolsas (custam entre 700 e 1200 euros), mas podem fazer toda a diferença numa situação complicada e considerada extrema. SALVAM VIDAS. São compostos de neoprene com uma selagem interior em nylon revestida a uretano. Do colete, por norma, fazem ainda parte 4 recipientes que armazenam, cada um deles, 25 a 35 g/mol de dióxido de carbono (CO2). 

 

 

Quando um destes recipientes (ou pequenas garrafas) é acionado o gás expande-se celeremente por uma bolsa do colete que, quando se encontrar totalmente preenchida, cria o efeito de flutuabilidade e envia os surfistas o mais rapidamente para a superfície.   

 

 

No Big Surf os coletes insufláveis usados são de ativação manual, obrigando os surfistas a acionar/puxar um cabo/patilha para insuflar o equipamento. Outras características

 

- Excelente flutuabilidade

- Uso 100% seguro

- Altamente flexível

- Mesmo quando insuflados não é certo que salvem vidas (mas ajudam)

- Também existe um cabo para libertar/escoar o ar (caso o surfista precise de mergulhar ou se encontre já em segurança)

 

Perfil em destaque

  • Tiago Faria Tiago Faria

    Nova semana, novo talento do surf a ser revelado… 

Scroll To Top