Costa Rica tal como o nome indica possui milhas e milhas de praias de areia branca, ondas de excelência e locais amigáveis. Costa Rica tal como o nome indica possui milhas e milhas de praias de areia branca, ondas de excelência e locais amigáveis. Surf Holidays

Itens relacionados

quarta, 06 fevereiro 2019 12:20

DESTINO DA SEMANA - COSTA RICA

Costa Rica - "Pura Vida" e Surf...

Esta semana a Surftotal aconselha-te um destino de surf diferente - A Costa Rica

Há todos os tipos de ondas diferentes, a maioria das quais são mais divertidas do que assustadoras. Apesar de ser o primeiro destino internacional de surf para muitos norte-americanos esteve um pouco fora dos holofotes nos últimos anos, à sombra da descoberta das ondas da Nicarágua, mas ainda está tudo lá:   

Surf divertido, água morna, manhãs no mar, pores do sol deslumbrantes, nativos amigáveis, boa comida. Parece que a Costa Rica pode ser a nova Costa Rica.

CLIMA TROPICAL DURANTE TODO O ANO E LOCAIS AMIGÁVEIS:

É um ótimo lugar para passar uma temporada. O clima tropical que se faz sentir durante todo o ano é um aspecto importante a ser considerado quando se está a planear uma surf trip, como também o é a temperatura da água, quente (por aqui bastam uns calções para se passar horas a surfar).

Antes que as buscas aos voos comecem aqui fica uma informação básica. San Joseé a capital e também a maior cidade deste país. É onde se situa o aeroporto representado pelas siglas SJO - muita atenção a este pormenor porque podem cair no erro de comprar viagem para a Califórnia.

A Costa Rica é um destino de surf com tradição e a dada altura começou a ser considerado pelos surfistas como um local mais "hardcore". No entanto, o recente aumento de surf camps, de alojamentos orientados para surfistas e Betclic também o espírito amigável dos locais têm feito com que tudo se tenha tornado muito mais confortável nos últimos anos.

GEOGRAFIA ÚNICA E SWELL CONSISTENTE DE ABRIL A OUTUBRO:

A geografia única faz da Costa Rica uma escolha clássica para turismo de surf. Tem duas linhas costeiras - o Caribe e o Pacífico - que produzem ótimas ondas e têm vários picos de grande qualidade. O lado caribenho tem uma curta temporada para surf e mas quando está a funcionar tem grandes ondas, que resultam de tempestades tropicais que vêm do México. A costa do Pacífico tem ondas mais pequenas, mas mais consistentes, geradas por sistemas de baixa pressão localizados na Nova Zelândia.

 
A maior temporada de swell vai de abril a outubro, mas a temporada de surf limpa vai de dezembro a abril, quando ondas causadas por baixas pressões atingem a costa do Pacífico, com os ventos offshore a serem predominantes. Normalmente, nas surfadas matinais está offshore e à tarde há um leve onshore, por isso vai valer a pena acordar cedo.

A Costa Rica é um país abençoado, não só por ondas consistentes durante todo o ano, mas também por ótimos picos de surf. Para quem é fã de pointbreaks, é o destino ideal. Neste capítulo destaque para as ondas de Playa Naranjo (que protagonizam o filme Endless Summer II) e também para a qualidade da direita em Potrero Grande (Ollies Point - na boca de um rio). Para além do que já está no mapa há ainda muitos picos à espera de serem descobertos. Surfar na Costa Rica surf é, definitivamente recomendado e para os mais aventureiros pode vir a ser a viagem de uma vida. 

ASPETOS MENOS POSITIVOS DA COSTA RICA:

Para terminar aqui ficam alguns aspectos negativos deste destino, que só os que leram este texto até ao fim vão saber. Há muitos insectos daqueles que deixam marca e por isso é importantíssimo utilizar sempre repelente, principalmente nas horas críticas (entardecer). Percorrer uma curta distância pode tornar-se stressante (ou uma divertida aventura) porque há escassez de estradas e muitas das que existem não estão em boas condições (4*4 é o ideal). Em relação ao surf, é preciso ter em atenção que alguns dos picos mais acessíveis, em termos de acesso e de nível de exigência das ondas, podem ficar lotados.


Perfil em destaque

Scroll To Top