Nicholas Squiers, da Austrália, a embarcar na viagem para Backdoor. Nicholas Squiers, da Austrália, a embarcar na viagem para Backdoor. Foto: WSL/Tony Heff

Itens relacionados

terça, 05 fevereiro 2019 09:22

10 pontos de Sebastian Zietz marca o tom para o Volcom Pipe Pro

Prova já se encontra no Round 5… 

 

Mais um dia de altas ondas em Banzai Pipeline para a 10.ª edição do Volcom Pipe Pro (QS3,000). Na estreia, os top seeds comprovaram o seu estatuto e retiraram proveito de um swell de NW, clean, perfeito e com ondas na casa dos 10 pés - debitando uns caixotes para Backdoor. 

 

O veterano do WCT, Sebastian Zietz, fez o tubão do dia para Backdoor, conquistando a nota máxima de 10 pontos na sua bateria do Round 4. O australiano Jack Robinson, de 21 anos, também esteve em destaque e foi um dos que comandou a armada rumo ao Round 5 - com notas de 9,43 e 7,33 pontos.

 

Porém, foi Billy Kemper, no início do Round 4, quem mais deu nas vistas nas areia do North Shore. O havaiano conseguiu o segundo maior score do dia (16,63 pts) e registou uma nota de 9,80 pontos - uma onda para Backdoor onde cruzou várias secções, cortina após cortina.

 

Outros competidores estiveram em destaque, como os australianos Soli Bailey (8,50) e Nicholas Squiers (8,33), e os havaianos Tyler Newton (8,67) e Brodi Sale (8,60), todos com notas bem altas e vencedores das baterias em que estiveram presentes. 

 

Acompanha mais logo a ação neste link

 

Perfil em destaque

Scroll To Top