O tubão de Natxo Gonzalez na Nazaré ficou na retina. O tubão de Natxo Gonzalez na Nazaré ficou na retina. Foto: Gonçalo Forjaz Trigueiros

Itens relacionados

quarta, 02 janeiro 2019 14:33

Quatro ondas de 2018 que merecem ser revistas

Nacional, XXL, performance e perfeição estão na ordem do dia… 

 

É verdade que antes da viragem do ano tivemos oportunidade de esmiuçar os 10 mais importantes acontecimentos do surf em 2018, bem como revelar o top dos vídeos mais vistos e as notícias mais lidas na plataforma Surftotal. 

 

No entanto, revendo uma vez mais o arquivo, internacionalmente falando, há quatro momentos que conquistam um lugar especial na retina e merecem ser enaltecidos. Um visa o surf em ondas grandes e de consequência, o outro a performance no surf e a busca por novos patamares, outro a esfera nacional, e o último a perfeição terrena que por vezes parece simplesmente irreal. 

 

Perfeição terrena

Os 8 tubos de Koa Smith na Namibia

Recordam-se? Nós não esquecemos. O havaiano Koa Smith rumou a África e fez o impensável: 8 incríveis tubos consecutivos numa só onda! Percorreu 1.5 km durante 2 minutos. Porraaaaa! Ahhh, Skeleton Bay como nós te adoramos… 

 

 

Esfera nacional

O 10 de Natxo Gonzalez na Praia do Norte

O jovem surfista basco roubou o show na última edição do Nazaré Challenge quando arrancou bem lá de trás e passou uma secção inteirinha - e que secção - por dentro da onda. Afinal há mais por onde evoluir, a Praia do Norte não são apenas drops e pancada. 

 

 

Performance

O backflip de Seth Moniz

O havaiano é um dos que se qualificou para o World Tour 2019, mas antes andou a testar as maravilhas da novíssima wavepool de Waco (Texas, EUA) onde aproveitou para redefinir os parâmetros do surf. Este backflip, ainda hoje, nos deixa boquiabertos. Como é que é possível?

 

 

Surf em ondas de consequência

A bomba de Ramon Navarro em Fiji

Em maio passado Fiji recebeu um dos maiores swells dos últimos anos e a bomba de Ramon Navarro não passou despercebida. A onda do chileno foi um autêntico canhão, absolutamente enorme, gigante, simplesmente surreal e ajudou a perceber em que pé se encontra o surf de ondas grandes na atualidade. Quais os limites? 

 

Perfil em destaque

  • Miguel Castro Miguel Castro

    Voltamos a descer a costa para falarmos com um talento do surf nacional… 

Scroll To Top