Julian Wilson foi o melhor australiano em 2018. Julian Wilson foi o melhor australiano em 2018. Foto: WSL/Poullenot

Itens relacionados

quarta, 19 dezembro 2018 16:34

Austrália continua a ser a nação Surf

Deciframos o circuito mundial 2019 em número de países e atletas… 

 

Com o World Tour terminado, os rankings oficializados e a lista de atletas que compõe a nova elite mundial divulgada, demos por nós esta tarde a desmontar o circuito mundial em número de nações relativamente à temporada 2019. 

 

A conclusão a que chegámos é simples: A Austrália continua a ser a nação Surf e o país que mais surfistas coloca no WCT. Mas convém frisar, o Down Under só leva a melhor nas contas totais porque no feminino tem definitivamente mais representantes.

 

Entre os surfistas que compõem o Championship Tour volta a confirmar-se a hegemonia do Brasil na divisão masculina com 11 imponentes presenças no Top (= a 2018). Sem margem de dúvida, é a nação mais representada entre os homens, a reclamar praticamente um terço das vagas, com a Austrália a surgir logo a seguir, com 8 surfistas (o mesmo número desta última época). Os Estados Unidos e o Havai dividem o terceiro lugar, com 4 presenças cada. 

 

Nas senhoras, a situação é bem diferente. A Austrália domina a tabela com 6 atletas e deixa o Havai e os Estados Unidos no segundo lugar com 3 surfistas cada. A vaga do terceiro posto é preenchida pelo Brasil com 2 surfistas. 

 

Somando os números das duas categorias, ou seja, fazendo as contas por nações, metendo os surfistas da elite no mesmo saco, chega-se à conclusão que a Austrália ainda é a nação mais surf do planeta com um total de 14 competidores “on Tour”. Precisamente o mesmo número verificado na época 2018. 

 

Segue-se o Brasil em segundo lugar, com 12 surfistas no total, seguido dos Estados Unidos e Havai, com 7 presenças cada, e logo depois a França com 3 representações. 

 

Austrália 14 presenças (8 masculino + 6 feminino)

Brasil - 13 presenças (11 masculino + 2 feminino)

EUA - 7 presenças (4 masculino + 3 feminino)

Havai - 7 presenças (4 masculino +  3 feminino)

França - 3 presenças (2 masculino + 1 feminino)

Nova Zelândia - 2 presenças (1 masculino + 1 feminino)

Itália - 1 presença (1 masculino + 0 feminino)

África do Sul - 1 presença (1 masculino + 0 feminino)

Taiti - 1 presença (1 masculino + 0 feminino)

Costa Rica - 1 presença (0 masculino + 1 feminino)

Japão - 1 presença (1 masculino + 0 feminino)

 

Número de presenças por regiões do globo

 

América - 21 presenças (menos 1 que 2018)

Austrália/Oceania - 16 presenças (mais 1 que 2018)

Havai/Taiti - 8 presenças (menos 1 que 2018)

Europa - 4 presenças (mantém)

África - 1 presença (mantém)

Ásia - 1 presença (novo)

Perfil em destaque

  • Miguel Castro Miguel Castro

    Voltamos a descer a costa para falarmos com um talento do surf nacional… 

Scroll To Top