Caio Ibelli mostrou-se desiludido com a decisão da WSL. Caio Ibelli mostrou-se desiludido com a decisão da WSL. Foto: WSL

Itens relacionados

quarta, 19 dezembro 2018 11:53

Caio Ibelli reage sobre “despromoção”

Surfista brasileiro está contra a decisão da World Surf League… 

 

Foi hoje que foram divulgados os “injury wildcards” para a época 2019. A decisão da World Surf League não se adivinhava fácil, pois havia três candidatos para duas vagas, e escolhesse quem escolhesse, era garantido que a polémica ia estalar. 

 

Logo após o comunicado da WSL, que deu preferência a Kelly Slater e John John Florence na atribuição dos “wildcards” (lê mais aqui), atirando o brasileiro para a lista de substitutos, Caio Ibelli não demorou a reagir na sua conta de Instagram: 

 

“INJURY WILCARD UPDATE: Hoje a WSL comunicou que os ´injury wildcard´ do ano que vem serão Kelly Slater e JJ Florence. Sinceramente, não concordo com a decisão. Kelly usou e abusou. Foi para Fiji com ondas de 20 pés durante o evento de Keramas, ficou em 3.° no Surf Ranch e não foi para França na semana seguinte. Fora que esse é o segundo ano consecutivo que ele usa essa mesma vaga. Será justo?”

 

As opiniões multiplicam-se nas respostas dadas ao atleta brasileiro, mas uma coisa parece certa… Caio tem uma certa razão ao não concordar com a decisão. O critério de seleção e atribuição das vagas tem definitivamente que passar a ter regras mais claras. Mas… que fazer contra os 11 títulos mundiais de Slater? É óbvio que Kelly Slater traz mais gente à praia e é muito mais mediático para o Tour. 

 

Será esta decisão justa?

O que deverá ser levado em conta? Historial competitivo ou gravidade da lesão?

 

Deixa-nos a tua opinião na caixa de comentários em rodapé. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Perfil em destaque

  • Miguel Castro Miguel Castro

    Voltamos a descer a costa para falarmos com um talento do surf nacional… 

Scroll To Top