Itens relacionados

quarta, 26 fevereiro 2014 11:01

O QUIKSILVER GOLD COAST PRO ESTÁ AO VIRAR DA ESQUINA

Fica com alguns dados sobre a mítica prova


Por Ivo Gonçalves

A primeira prova do World Tour 2014 está quase a começar. A data marcada para o início é o próximo sábado, dia 1. Lembra-te, no entanto, que 'down under' os nossos amigos australianos estão 11 horas à nossa frente.


Sendo o pontapé de saída para a época, o evento tem naturalmente a si associado uma energia muito própria, afinal de contas todos os fãs de surf estão há uns meses a acumular a vontade de voltar a ver os melhores do mundo, nas melhores ondas do mundo.


O evento realiza-se onde estiverem melhores ondas, naturalmente. Em condições de receber a prova está a área compreendida entre South Stratbroke Island e Ballina, em New South Wales. Todavia, com as condições certas, a casa do evento é Snapper Rocks, em Coolangatta, onde a lendária onda quebra até Kirra, oferecendo uma das direitas mais longas e manobráveis do panorama mundial. Kirra, Burleigh e Duranbah são as alternativas.


A Gold Coast conta com o maior número de surfistas residentes por metro quadrado do planeta, e o envolvimento da comunidade com o surf levou à criação do sistem 'Sand By Pass', que transfere areia dos lençóis do rio Tweed diretamente paar as praias a norte, como forma de garantir que o rio é navegável e , ao mesmo tepo, estabilizar a erosão costeira. O resultado desta operação foi a criação de um enorme banco de areia que resultou precisamente nas tais direitas intermináveis.


O banco de areia é mundialmente conhecido como 'Superbank'. Há registos de um onda surfada durante 1.97 km, desde Snapper até Kirra, embora seja um fenómeno dificilmente repetível. A qualidade da onda aumentou exponencialmente o turismo na área, mas ao mesmo tempo transformou aquele local num dos mais concorridos do mundo. Num dia com altas, é possível contabilizar 200 surfistas numa área de 2 kms. Claro está que isto resulta em drop-ins e alguma tensão no mar.


A Gold Coast sempre foi um local priveligiado para receber surf de competição, mas ainda assim, apenas em 2002 teve a sua estreia no ASP World Tour, em Snapper Rocks. Desde então tem sido ininterruptamente o evento que dá início às hostilidades do World Tour.


Os australianos têm o domínio no que a vitórias na prova diz respeito, a excepção é, claro está, Kelly Slater que já venceu o Gold Coast Pro em quatro ocasiões, tendo a última sido precisamente na época passada.


Vitórias de goofys? Uma apenas, o australiano Michael Lowe conseguiu ser a única excepção no 'trono' da prova, em 2004 - onde imperam, claro, as direitas que varrem toda a baía de Ranibow Bay.

 
A lista de vencedores da prova é a seguinte:

2013: Kelly Slater (USA)
2012: Taj Burrow (AUS)
2011: Kelly Slater (USA)
2010: Taj Burrow (AUS)
2009: Joel Parkinson (AUS)

2008: Kelly Slater (USA)
2007: Mick Fanning (AUS)
2006: Kelly Slater (USA)
2005: Mick Fanning (AUS)
2004: Michael Lowe (AUS)
2003: Dean Morrison (AUS)
2002: Joel Parkinson (AUS)


Para aguçar o apetite fica com o vídeo dos pontos altos das meias finais e final do evento do ano passado, onde Kelly Slater levou a melhor sobre Joel Parkinson, em Kirra Beach, com ondas de 1,5 metros.


Perfil em destaque

Scroll To Top