banner topf
Billy Kemper bem pode festejar uma vez que o período de espera termina hoje. Billy Kemper bem pode festejar uma vez que o período de espera termina hoje. Foto: WSL

Itens relacionados

quarta, 28 fevereiro 2018 16:08

Havaianos Billy Kemper e Paige Alms são os novos campeões mundiais de ondas grandes 

Título é o primeiro para o surfista de ondas grandes… 

 

Com o período de espera do Mavericks Challenge a terminar precisamente hoje, 28 de fevereiro,  sem que este se tenha realizado, o ranking do Big Wave Tour da World Surf League pode dar-se por encerrado, revelando assim o havaiano Billy Kemper como novo campeão do BWT 2017/18

 

Nós bem dissemos que o Nazare Challenge poderia definir o novo campeão! Esta temporada, Kemper, conseguiu dois segundos lugares (Pe’ahi Challenge e Nazaré Challenge) e um 4.º lugar (Puerto Escondido Challenge), saltando para a frente do ranking ao terminar à frente do conterrâneo Kai Lenny na Praia do Norte. 

 

A WSL ainda não oficializou a conquista, mas Billy Kemper vai mesmo suceder o sul-africano Grant Baker que havia vencido em 2016/17. Este foi o primeiro campeonato mundial conquistado pelo surfista de 27 anos de idade, oriundo de Haiku, Havai. 

 

 

Entre a armada lusa, também como já havíamos mencionado, o nono lugar de Alex Botelho parece ser suficiente para assegurar a qualificação ao BWT da próxima temporada uma vez que são os 11 primeiros classificados que transitam automaticamente.  

 

charger português, de 27 anos, oriundo de Lagos, viu-se entre os primeiros lugares depois de ter feito a final (5.º lugar) do Puerto Escondido Challenge e de ter alcançado as meias-finais (7.º lugar) do Nazaré Challenge. 

 

A nível europeu mais dois surfistas se destacam entre os primeiros lugares e também vão ingressar na elite do surf XXL. Falamos do jovem basco Natxo Gonzalez (que terminou em 3.º no Nazaré Challenge) e do britânico Tom Lowe, respetivamente, décimo e sétimo no ranking final. 

 

1. Billy Kemper (HAV) – 27.140 pontos

2. Kai Lenny (HAV) – 24.829

3. Ian Walsh (HAV) – 17.757

4. Makua Rothman (HAV) – 14.123

5. Lucas Chianca (BRA) – 13.331

6. Jamie Mitchell (AUS) – 12.778

7. Tom Lowe (GBR) – 9.081

8. Alex Botelho (POR) – 7.893

9. Greg Long (EUA) – 7.536

10. Natxo Gonzalez (BAS) – 6.944

19. Nic von Rupp (POR) - 3.070

22. João de Macedo (POR) - 2.435

34. António Silva (POR) - 420

34. Hugo Vau (POR) - 420

 

No feminino é Paige Alms, também do Havai, quem volta a conquistar o título mundial. É o segundo na carreira, depois de ter vencido também o ano passado. O título foi definido numa única prova, realizada em outubro na ilha de Maui, o Pe'ahi Challenge. 

 

1. Paige Alms  (HAW) - 10,000 pontos

2. Keala Kennelly  (HAW) - 8,333 

3. Justine Dupont (FRA) - 6,944 

4. Bianca Valenti (USA) - 5,787 

5. Andrea Moller (BRA) - 4,823 

6. Felicity Palmateer (AUS) - 4,019 

 

Perfil em destaque

Scroll To Top