segunda-feira, 09 agosto 2021 21:10

Surf, Loucura e Morte: Introdução

Sem Filtros. Um retrato do surfista Algarvio  Zé dos Cães e do Surf nos anos 90 em Portugal...

 

 Por João Bracourt, (o mais louco fotógrafo Português da actualidade).

 

 

 

"Estávamos nos princípios dos anos 90

 

quando o Zé dos Cães estava no seu auge..."

 

 

 

 

 

 


Estávamos nos princípios dos anos 90 quando o Zé dos Cães estava no seu auge. Tinha sido campeão júnior na Costa da Caparica, o Shawn Tomson tinha acabado de o patrocinar e até aparecia nuns postais em França a surfar na Praia do Alemão, no Algarve. Foi uma altura louca do surf em Portugal, toda a gente bebia, fumava "charros", tomava "speeds", etc. Na maior parte das vezes eram ritos de passagem, mas até o shaper da recém criada Polen Fernando Horta tinha morrido de overdose por causa da heroína… Tudo era talento puro, carisma, uma coisa visceral. E espiritual. Tínhamos 15 anos e passávamos o verão na Figueira da Foz e Ericeira, 4 meses, sós, entregues ao mar.

 


zavial circa 1990 foto: joão valente

 

 

 

 

 

"O José Magalhães, o seu nome verdadeiro,

 

fora desde sempre um fenómeno..."

 

 

 

 


O José Magalhães, o seu nome verdadeiro, fora desde sempre um fenómeno, a sua atitude na água, obsessão pelas ondas e entrega total ao surf trouxeram-lhe a fama no mar e o proveito em terra. Mais carismático do que qualquer campeão nacional, numa altura em que não havia internet, nem sequer telemóveis! Esteve preso na Austrália, havia postais dele em França a surfar na Praia do Alemão e foi declarado morto numa revista americana. Tive o prazer de o ter como amigo e rival em surfadas épicas, roulotes cheias de pulgas (Coxos) e mosquitos e girafas na cervejaria Tubarão. Um Andy Irons misturado com Basquiat e Jim Morrison. O estilo dele era puro, as caretas, as parvoíces, o gozo que lhe dava viver. O seu no claim, claim e "grito orgásmico" perduram no tempo.

 

 


auge foto: segio cagica

 

 

 

 

 

"uma depressão fez soltar o seu dark side..."

 

 

 

 


Era um gajo fixe, bem parecido, com cabedal, quase atinado (lol) e até algo tímido, mas uma depressão fez soltar o seu dark side. Depois de meses fechado no quarto saiu de casa e entregou-se à loucura divina. Drogas, sexo e rocknroll. Toca o Hey Joe todo o santo dia, mas também pinta inúmeros quadros. Masturba-se em frente à câmara do Portugal Radical na Ponta Ruiva, gasta 50 mil euros no Casino de Espinho, conduz em contra-mão… Mas mesmo sem abrigo e sem dentes não lhe faltam mulheres. Mito de uma geração.

 

 

 


being there

 


O irmão morre de overdose e mais tarde a mãe de cancro, talvez de desgosto. O sonho de ser surfista profissional desmoronava-se, apesar de ainda ter entrado no pro-júnior em França, com um bilhete de identidade falso, pois já tinha 20 e tal anos. O Xana da Praia da Luz, talvez o melhor surfista português da altura suicida-se. Não era fácil viver do surf em Portugal então. Ainda foi para a Austrália, mas roubaram-lhe as pranchas e a bagagem. Não tenho nada, dizia-me a rir, qual "Diogenes. Amor fati".

 

 

 

 

"Desapareceu há anos… Será que morreu...?"

 

 

 

 


loucura divina


Desapareceu há anos… Será que morreu pelos nossos pecados (materialismos egoístas)? Se o foi então foram 3 vezes mais do que Cristo. Deve andar pelo Pico dos Deuses, Vale Santo, em Sagres, onde só Deuses e semi Deuses podem deambular à noite. Homens da Atlântida, talvez, junto à estrada para Poseidon.


 


Quadro pintado por José Magalhães


Fique feliz ao vê-lo reencarnado no Alex Botelho.


“Era uma vez um serfista muito valente. Ele apanhava as maior ondas ate as de tenpestades muito fortes e tabei furacoins. Ningai puderia o ganhar e nunca mas nunca disseram alguma coisa ma dele.mas nesse dia disseram uma coisa tao ma que ele quis mustrare quei ele era. numa tenpestade istrenha ele viu um purtal entrou e nunca mais aparesseu.”

Antónia Bracourt

 

 

*João Bracourt no final desta crónica sugeriu para que pedíssemos aos nossos leitores e amigos, caso saibam do paradeiro de Zé dos Cães que nos informem através do email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou redes sociais da Surftotal. Muito obrigado

Scroll To Top