Itens relacionados

domingo, 16 agosto 2020 22:36

João Sena Ribeiros - 23 anos - São Pedro e Lagos

João transformou uma Longboard partida numa prancha 4,11...

 

 

João que vai terminar o mestrado na Holanda, teve a sua primeira experiência de surf aos 10 anos de idade juntamente com o Longboarder Português João Dantas.

Vamos perceber a importância do surf na vida de João Sena e o que fez com a Longboard partida no final desta página no vídeo.

 

 

 

 

"No aniversário do João Dantas o tio dele levou-nos a surfar,

e eu fiquei apanhado..."

 

 

 

 

 

 

Nome? João Sena Ribeiros (Sena).



Idade? 23 anos

.

Praia local? Essa é complicada(risos) porque que eu vivi em diferentes sítios, mas diria mais a Meia Praia (Lagos) e a praia de São Pedro do Estoril.



Estudos? Acabei este ano a Licenciatura em Bioquímica e estou a caminho da Holanda para fazer o mestrado em Neurociência Molecular.



Anos de Surf? 10 anos.

 

 

 

"Estou a caminho da Holanda para fazer

o mestrado em Neurociência Molecular.

.."

 

 

 

 

Quiver? 4’11” PURPLE selfshape; 5’6” fish by Fatum; 5’10” by KillerFish; 6’0” by KillerFish; 6’7” step-up by Ferox; e até há pouco tempo tinha uma longboard mas, enfim, partiu-se e diverti-me a usá-la para shapear a 4’11”(que aparece no vídeo abaixo) (risos)



Porque escolheste fazer surf? Sempre adorei o oceano e as ondas mas só os via basicamente no verão, em que passava horas dentro de água, portanto não tinha grande contacto com o surf, e então, quando no aniversário do João Dantas o tio dele nos levou a surfar, eu fiquei apanhado. Na altura jogava futebol, mas fiz as contas e disse ao meu pai que se me comprasse o material de surf ele gastava o mesmo por ano que gastava com o futebol, claramente que não pus nas contas o gasóleo que gastamos à procura das melhores ondas (risos). Portanto eu não sei bem porque é que escolhi o surf, mas sei que desde a primeira vez que me levantei numa prancha, que senti a força do mar, a beleza das ondas, o espirito do inverno… bem, foi sem hesitação que escolhi logo o surf!



Última surfada memorável? Kanguru, na Arrifana, eu adoro aquela onda e este ultimo natal apanhei lá altas ondas sem ninguém.



 

 

 

 

 

"quando aterrei a prancha partiu-se e eu fui enrolado...."

 

 

 

Maior susto?

Depois do secundário eu fiz um gap year em que trabalhei 5 meses, depois andei 3 meses a surfar por Portugal e finalmente fui por 2 meses para a Indonésia, antes de trabalhar mais 2 meses para depois ir para a universidade. E foi provavelmente em Bali em Uluwatu que tive o meu maior susto, porque quebravam umas ondas perfeitas com tamanho e quase sem ninguém dentro de água, e na minha terceira onda do dia apanhei-a na secção errada e fiz um airdrop até ao bottom da onda, quando aterrei a prancha partiu-se e eu fui enrolado. Na máquina de lavar a minha t-shirt foi puxada por cima da cabeça e prendeu-me os braço e a cabeça e eu comecei a entrar em pânico, mas eventualmente lá consegui desembaraçar-me e vir ao de cima, e foi quando percebi que já estava bastante para Oeste da baía onde se entra e sai e a corrente ali é forte e no sentido contrário ao que eu precisava de ir. Portanto ainda meio zonzo e sem fôlego, tive de nadar com meia prancha (que nem o Phelps) para conseguir chegar à praia.



Viagem de sonho? Nova-zelândia.



Competição ou free surf? Free surf completamente.



 

 

 

“Only a surfer knows the feeling...

"

 

 

 

 

 

 

Frase favorita? Num contexto de surf: “Only a surfer knows the feeling”.



 

Qual a tua opinião sobre a cultura do surf em Portugal?ela existe ou não? e porquê?

Sem dúvida que a cultura do surf existe em Portugal, e está cada vez mais forte, simplesmente já não é tão core e underground, o que leva também a uma massificação do suposto sentimento desta, do lifestyle basicamente e não da realidade do surfista. Eu gosto de lhes chamar “surfistas de verão”, ou “surfistas do meio-metro solarengo”, mas acho que não é preocupante, eles são uma mancha de água no vasto pano colorido do surf, eventualmente desaparecem e só cá ficam os que interessam.
 

Algo mais a dizer? Obrigado!
 
Aloha

 

 

 

"Eu gosto de lhes chamar “surfistas de verão”,

ou “surfistas do meio-metro solarengo...”

 

 

 


Perfil em destaque

vimeo

 

 

Scroll To Top