Jovem surfista de 11 anos treina em Peniche. Jovem surfista de 11 anos treina em Peniche. Foto: Arquivo Pessoal

Itens relacionados

terça, 29 janeiro 2019 17:01

Mário Leopoldo

Conhece um dos jovens surfistas da península de Peniche… 

 

A crescente popularidade do Surf tem ajudado a revelar novos talentos que habitam as praias e ondas lusas. Esta semana fomos até Peniche onde encontrámos Mário Leopoldo que nos disse o que o move neste meio. 

 

Nome?

Mário Barderas Leopoldo.

 

Idade?

11 anos.

 

Praia local?

Supertubos.

 

Estudos?

5º ano de escolaridade.

 

Anos de surf?

5 anos. 

 

Quiver?

4,6 Flyer, 4,8 Round pin, 4,8 Squash e 5,2 Pin tail da marca Phynix, shapeadas pelo António Leopoldo (o meu pai). 

 

 

Por que escolheste praticar surf?

Cresci perto da praia. Os meus pais fazem surf e sempre me motivaram muito.

 

Pico preferido?

Supertubos…

 

Última surfada memorável?

Foi no Molhe Leste. Estava sozinho na água e mandei um alto tubo!

 

Maior susto?

Nos Belgas. Levei com uma onda enorme!

 

Última viagem de sonho?

Duas semanas em Marrocos onde apanhei altas direitas.

 

 

Competição ou free surf?

Competição, porque encontro amigos surfistas da minha idade.

 

A tua frase favorita?

Surfar é vida!

 

O melhor conselho que já recebeste?

“Nunca vires as costas ao mar”, do meu pai.

 

Se fosses um animal, qual seria? 

Um golfinho, porque é amigo e gosta de apanhar ondas.

 

 

Como está o surf atualmente?

Há muita gente dentro d'água e poucos miúdos a surfar.

 

Quem é a tua grande inspiração nacional e internacional?

Internacional: Gabriel Medina e Ítalo Ferreira. Nacional: Federico Morais.

 

Se não fosses surfista o que serias?

Skater, porque se atinge muita velocidade.

 

Mensagem a deixar?

Não poluir as praias e os oceanos. Boas ondas!

 

--

Nota: Fotografias de arquivo pessoal.

Perfil em destaque

vimeo

 

 

Scroll To Top