banner topf
Aos 14, Miguel Castro é um dos jovens talentos portugueses. Aos 14, Miguel Castro é um dos jovens talentos portugueses. Foto: Arquivo Pessoal

Itens relacionados

quarta, 16 janeiro 2019 14:36

Miguel Castro

Voltamos a descer a costa para falarmos com um talento do surf nacional… 

 

O novo perfil da semana fica por conta de um jovem talento da Linha de Cascais (e não só). Chama-se Miguel Castro, é um dos talentos da Grande Lisboa e falou-nos do seu dia-a-dia. 

 

Nome? 

Miguel Castro.

 

Idade? 

14 anos.

 

Praia local? 

Praia da Poça, no Estoril, e Lagido, em Peniche.

 

Estudos? 

9.º ano na Escola Salesiana do Estoril.

 

Anos de surf? 

10 anos.

 

Quiver? 

Neste momento tenho uma 5´6 squash e uma 5´6 round da Polen Surfboards shapeadas pelo Almir Salazar.

 

 

Por que escolheste praticar surf? 

Desde pequeno que gosto muito de surfar e a minha família levou-me muito cedo para a água e nunca mais parei. Os meus tios avós fazem parte da história do surf em Portugal - Duarte e Nuno Baltazar. 

 

Pico preferido? 

Supertubos, Coxos e Lagido.

 

“O surf está muito competitivo

e requer cada vez mais trabalho e esforço”

 

Última surfada memorável? 

Foi nos Supertubos, estavam altas ondas e com pouco crowd.

 

Maior susto? 

Aos quatro anos quando parti a cabeça por ter levado com a minha prancha.

 

Última viagem de sonho? 

Marrocos, onde apanhámos altas ondas.

 

 

Competição ou free surf? 

Eu prefiro competição, porque lido bem com a pressão e ultrapasso os meus objetivos.

 

A tua frase favorita? 

Vive o surf com paixão. Nunca deixes de acreditar.

 

O melhor conselho que já recebeste? 

O melhor conselho que recebi foi do meu treinador: Diverte-te e concentra-te!

 

Se fosses um animal, qual seria? Porquê? 

Seria uma gaivota, pois tem muita liberdade e uma vida cheia de aventuras e conquistas.

 

(…) lido bem com a pressão e [através da competição]

ultrapasso os meus objetivos”

 

 

Como está o surf atualmente? 

O surf atualmente está muito competitivo, por isso, requer cada vez mais trabalho e esforço.

 

Quem é a tua grande inspiração nacional e internacional? 

A nível nacional, o Frederico Morais, e a nível internacional, o Gabriel Medina.

 

Se não fosses surfista o que serias? 

Não imagino a minha vida sem o surf!

 

Mensagem a deixar? 

Admira a natureza e respeita os teus adversários. O resto virá naturalmente.

 

--

Nota: Todas as fotos de arquivo pessoal.

 

Perfil em destaque

vimeo

 

 

Scroll To Top