David Almeida, 18 anos, Praia do Labrego. David Almeida, 18 anos, Praia do Labrego. Foto: Arquivo Pessoal

Itens relacionados

  • Vasco D’Orey
    Mais um jovem surfista português a ser revelado…
  • Manuel Cordeiro 
    Revelamos mais um dos novos talentos do surf português…
  • Salvador Vala
    Mais um dos novos talentos do surf português para conheceres…
  • Oliver Clinton
    Conhece um dos novos talentos do surf português…
quinta, 01 março 2018 15:16

David Almeida

Aproveita para ficar a conhecer um novo valor do surf nacional… 

 

Da margem sul rumámos até à Praia do Labrego, na Vagueira, para conhecermos um dos jovens talentos locais. Chama-se David Almeida e surfa assim. Confere o novo perfil da semana! 

 

Nome?

David Almeida (Cenoura).

 

Idade?

18 anos.

 

Praia local?

A minha evolução realizou-se praticamente na Praia do Labrego (Vagueira), mas surfo em todas as praias do distrito de Aveiro.

 

Estudos?

Neste momento frequento o 12º ano de escolaridade.

 

Anos de surf?

Tive uma evolução um pouco mais lenta relativamente ao surf atual, devido à falta de praticantes que se verifica na minha região, mas faço agora 8 anos no desporto. 

 

Quiver?

Cutback Handmade Surfboards, modelo Carrot Head.

 

“O “grande Deus” do surf é Clay Marzo com um leque de manobras incrível

e uma despreocupação de bradar aos céus"

 

- Foto: Paulo Pereira

 

Porque escolheste praticar surf?

Para alguns o surf é apenas um desporto, um divertimento de fim de semana. Para mim, sendo também isso, é mais como um “retiro espiritual” onde me sinto realmente livre, com a cabeça vazia, alegre. Foi por isso que escolhi o surf!

 

Pico preferido?

Sem dúvida que é onde dei “os primeiros passos” no surf, a Praia do Labrego!

 

Última surfada memorável que tenhas feito?

É-me difícil destacar uma entre todas. Talvez a vez em que dropei a primeira onda, ainda com lágrimas nos olhos do entusiasmo e pânico, tudo misturado!

 

Maior susto?
 

Nenhum “wipeout" se compara com o meu maior susto. Ter perfurado o tímpano foi, sem dúvida, a experiência mais assustadora por que passei, pois estava em causa a minha paixão pelo surf.

 

Última viagem de sonho?

Na minha última surf trip, já pela segunda vez, posso dizer que estava incrível, mas não era de esperar sendo no paraíso que é, a Nicarágua. No entanto, gostava de visitar outros locais.

 

"[Surf] é como um “retiro espiritual” onde me sinto 

realmente livre, com a cabeça vazia, alegre"

 

- Foto: The Blue Trip

 

Competição ou free surf?

Gosto de ambos, tanto do nervosismo como da descontração. Mas, obviamente, que é sempre bom ganhar um campeonato importante.

 

Como esta o surf atualmente?

Na minha opinião já não existe muito respeito no mar, tanto dos mais velhos como dos “groms”, temos todos que encontrar o nosso lugar no oceano, ganhar o respeito, pois ninguém surfa o mesmo.

 

Quem é a tua grande inspiração nacional e internacional?

Nacionalmente sigo bastante a carreira do Nic Von Rupp. Mas o “grande Deus” do surf é o Clay Marzo com um leque de manobras incrível e uma despreocupação de bradar aos céus.

 

Mensagem a deixar?

Desde já agradeço à Surftotal por este reconhecimento e ao Bruno Maria que me proporcionou tudo para um bom progresso. 

 

- Foto: Paulo Pereira

 

 

--

AF

Perfil em destaque

vimeo

 

 

Scroll To Top