banner topf

Itens relacionados

segunda, 30 setembro 2019 05:59

Tomás Santos - 16 anos - fotógrafo há 3 anos - de Cascais

E porque gostamos de revelar novos talentos nas diversas área do surf.

 

Continuamos a dar espaço a talentos e imagens de novos fotógrafos de surf. Por esse motivo, optámos por revelar esta segunda feira um novo Raio X. Tomás Santos é um dos fotógrafos que podemos encontrar nas diversas Praias da Linha. Tomás tem apenas 16 anos de idade conta-nos já de seguida o que o move no meio da Fotografia.

Fica a conhecer então o seu trabalho…

 

 

ST: Antes de mais, faz-nos uma apresentação pessoal…

TS:Chamo-me Tomás Santos, tenho 16 anos,  sou fotógrafo há 3 anos, sou de Cascais. Comecei este ano de 2019 a estudar numa escola de fotografia porque sinto que é mesmo isto que quero fazer da minha vida .

 

 

 

"O que mais me motiva em fotografar

é a maneira como vemos o mundo através de uma foto"

 

 

 

 

 

ST: O que mais te motiva na Fotografia?

O que mais me motiva em fotografar eu acho que é a maneira como vemos o mundo através de uma foto como conseguimos ter uma história em um momento captado por nós e eu quero transmitir a toda a gente a história que está nas minhas fotos .

ST:Tens um sítio preferido para fotografar?

O  meu sítio favorito para fotografar é São Pedro do Estoril, foi lá que eu comecei a fotografar e a ganhar o gosto pela coisa e desde aí que é aquele o local que eu mas gosto de fotografar por tanta coisa que eu aprendi lá.

 

 

 

"O sítio onde eu mais gostava de fotografar era Pipeline, no Hawaii"

 

 

 

ST:Que tema preferes e quais os teus fotógrafos favoritos?

O tipo de fotografia que eu mais gosto é mesmo fotografia de surf e ao mar mesmo acho que o mar é uma das maiores belezas que existem no mundo, e é um sítio que eu me sinto muito bem lá, a fotografar dentro de água ou fora. Tenho grandes inspirações na minha vida uma delas é o Nuno Fontinha que é como um professor que eu tenho para me ensinar tudo o que eu sei.  Ele ajudou-me muito a evoluir na fotografia também tenho outros ídolos como Zak Noyle, Ricardo Bravo, Corey Wilson entre muitos outros bons fotógrafos .

ST:A lente de que mais gostas? Porquê?

A lente que eu mais gostava de usar era a Canon lens 8-15mm é uma lente brutal para fotografar dentro de água consegue-se estar mesmo em cima do motivo e captar imagens brutais .

 

 

 

 

"A minha melhor fotografia foi tirada em Carcavelos

num dia de ondas gigantes"

 

 

 

 

 

 

ST:Qual a tua melhor fotografia de sempre?

A minha melhor fotografia foi tirada em Carcavelos num dia de ondas gigantes lembro-me de sair da escola logo com a máquina às costas para ir a correr para Carcavelos porque diziam que estavam umas ondas lindas e que tinha que ir para lá.  Quando lá cheguei só via tubos gigantes  só pensava nas fotos brutais que aquilo ia dar e uma dessas fotos brutais foi a foto de um triângulo no meio da praia que fez a minha cabeça explodir de tão feliz que eu estava de ter tirado aquela foto aquela até agora foi a foto da minha vida .

 

 

 

"O que me faz diferente dos outros fotógrafos é a minha idade"

 

 

 

 

 

 

ST:O que faz de ti um fotógrafo diferente?
Eu acho que o que me faz diferente dos outros fotógrafos é a minha idade e a idade com que me dediquei a sério à fotografia. Eu acho que consigo ver o mundo de uma forma diferente por ser mais jovem, arrisco um bocadinho mais nas minhas fotos e sou muito perfeccionista nas fotos que uso e acho sempre que consigo fazer melhor e que vou melhorar a cada dia que passa .

ST:Um sítio onde gostarias de fotografar?

O sítio onde eu mais gostava de fotografar era Pipeline. Sempre que vejo uma foto de lá tirada por algum fotógrafo que eu gosto, consigo apaixonar-me cada vez mais por aquele sítio, as linhas aquela praia os tubos, tudo lá parece um sonho e tenciono ir para lá assim que puder.

 

Perfil em destaque

vimeo

 

 

Scroll To Top