sexta, 01 setembro 2017 10:32

A vida numa van

Dois exemplos de um estilo de vida que tem vindo a ganhar adeptos… 

 

Viver numa van, vulgo carrinha, a tempo inteiro, tem os seus prós e contras, mas inquestionável é o facto de ter vindo a conquistar cada vez mais adeptos nos últimos tempos. O estilo de vida parece cativar, especialmente entre a comunidade surfista que é presa à terra e gosta de acordar cedo em frente ao mar. 

 

Nem todos os que o fazem nadam em dinheiro, muito pelo contrário, eventualmente, a determinada altura, são as encruzilhadas da vida que os “forçam” a tal opção. No entanto, a vida numa van pode dar azo a pequenos luxos que não têm preço. 

 

Para hoje decidimos partilhar duas histórias isoladas de pessoas que passaram a viver, a tempo inteiro, numa van

 

Bob, em cima, é um homem que dedicou toda a sua vida ao surf e ao oceano, mas que um dia se viu sem dinheiro e teve que passar a viver numa carrinha. Dia após dia, na praia de Avalon, ele procura ser o primeiro a entrar na água e o último a sair. Já não consegue viver sem a presença do oceano. 

 

Já Philippe Leblond, em baixo, era um modelo bem sucedido de Los Angeles que deixou as mordomias e a boa vida de Beverly Hills para se dedicar à vida na estrada. Há cerca de três anos deixou de pagar uma renda altíssima e desde então tem vindo a viver na sua carrinha cujo lifestyle, segundo o próprio, “faz com que te sintas um milionário”

 

Duas histórias bem diferentes, mas com um final comum: a vida numa van

 

 

--

Lê também:

Constrói tu próprio a tua casa sobre rodas

A mais luxuosa surftrip

 

Itens relacionados

Perfil em destaque

  • Francisco Pinto Francisco Pinto

    Diretamente do Magoito para o Perfil da Semana na Surftotal… 

vimeo

 

 

Scroll To Top