Itens relacionados

segunda, 09 outubro 2017 14:02

Ribeira d’Ilhas consagra campeões nacionais Masters 

Nacional de Surf Masters decorreu na Ericeira este último fim de semana… 

 

Decorreu este fim de semana o Ribeira Master Classic, o Campeonato Nacional de Surf Masters nas categorias Masters +35, Masters Feminino +35, Grand Masters +40, Kahunas +45 e Grand Kahunas +50. 

 

Com o início de outubro a fazer recordar os últimos anos, registando bastante sol, boas ondas e dias de praia de fazer inveja ao verão, estiveram presentes vários ex-campeões nacionais e muitas outras referências do Surf Português.

 

Quanto à competição em si, no primeiro dia o mar esteve maior com sets entre 1 e 1,5m, onde decorreram as primeiras fases das categorias Masters +35 e Grand Masters +40. Em grande destaque neste dia inicial, com scores bastante altos, estiveram José Gregório, Jó Bento e Guga Gouveia que apresentaram um nível elevadíssimo de surf, fazendo recordar memoráveis performances durante os nacionais de surf.

 

Para o segundo dia, já com ondas ligeiramente mais pequenas, mas de maior qualidade, realizaram-se as meias-finais e finais de todas as categorias.

 

Nos Masters +35, José Gregório (ESC), em grande forma, conhecedor profundo da onda de Ribeira d’Ilhas, dominou a categoria sagrando-se Campeão Nacional com todo o mérito. André Dias (PPSC) ficou em 2.º lugar, David Luís (ASCC) em 3.º e André Almeida (ESC) em 4.º.

 

Nos Masters Femininos +35, estiveram presentes três atletas com larga História no Surf Nacional. Numa disputa bastante intensa pelo titulo nacional foi a 11x Campeã Nacional, Patricia Lopes (SCCS), quem acabou por vencer, fruto do score conseguido na sua última onda surfada durante a final. 

 

Em 2.º lugar, também ela antiga campeã nacional, ficou Teresa Abraços (Surf Addict) que apresentou um surf de backside de grande qualidade.  A “lendária” Té Ayala nunca baixou os braços perante as suas oponentes, mas teve que se contentar com o terceiro lugar.

 

Nos Grand Masters +40, foi José Gregório quem voltou a vencer, sagrando-se também Campeão Nacional nesta categoria, numa muito emocionante disputa com Jó Bento (SCP), Guga Gouveia e Pedro Barbudo (Wanted), respectivamente, 2.º, 3.º e 4.º lugares.

 

Nos Kahunas +45, Pedro “Pirujo” Couto (SCP), com uma criteriosa escolha de ondas para a aplicar o seu backside,  sagrou-se Campeão Nacional, numa final bastante disputada com Miguel Fortes (ESC), Manuel “Necas” Mestre (CSF) e Manuel Guerra (NCNN), 2.º, 3.º e 4.º lugares, respetivamente.

 

Nos Grand Kahunas +50, Pedro Couto (SCP) renovou o titulo de Campeão Nacional ao vencer a final com Álvaro Botelho (ESC), que fiocu em 2.º; Henrique “Kika” Mata (ESC), que ficou em 3.º; e Té Ayala (PPSC), que terminou no quarto lugar.

 

A organização esteve a cargo do Ericeira Surf Clube e Federação Portuguesa de Surf. 

 

Fiquem atentos, pois para o ano há mais!

 

Perfil em destaque

  • Constância Simões Constância Simões

    Esta semana fomos até à ponta sul do país, ao Algarve, falar com uma nova promessa do surf feminino… 

Scroll To Top