Marlon Lipke a fazer o sua manobra favorita. Click by Pedro Mestre/ANS Marlon Lipke a fazer o sua manobra favorita. Click by Pedro Mestre/ANS

Itens relacionados

sexta, 12 maio 2017 19:40

CONDIÇÕES DESAFIANTES E NOTAS EXCELENTES NO DIA 1 DO RENAULT PORTO PRO

A segunda etapa da Liga MEO Surf começou esta sexta-feira, dia 12, na Praia Internacional do Porto, com várias notas e totais excelentes, fazendo esquecer o vento e condições desafiantes que se apresentaram à disposição dos melhores surfistas nacionais.

Foi um primeiro dia longo, com ondas de cerca de um metro, que viu acontecer os trials masculinos, primeira ronda masculina, primeira ronda feminina e, a terminar o dia, seis dos oito heats da segunda ronda. O maior destaque do dia vai para a quantidade de ondas excelentes (entre os 8 e os 10 pontos) efectuadas neste arranque da competição: foram dez ondas dentro do campo do excelente, com destaque para o 9,25 de Vasco Ribeiro, ex-tricampeão nacional, na primeira ronda.

Na categoria masculina, destaque para Marlon Lipke, 3º do ranking, 33 anos, que continua no bom momento de forma exibido na Ericeira. Para se qualificar para a terceira ronda, o algarvio fez duas prestações boas na primeira e segunda ronda, com destaque para esta última, na qual totalizou 15,9 pontos (para a qual contou uma nota excelente de 8,25 pontos), deixando o campeão nacional Pedro Henrique na 2ª posição e eliminando Luís Perloiro (3º) e Filipe Jervis (4º), dois surfistas que, por norma, chegam a fase mais avançadas da etapas da Liga.

Também já qualificados para a terceira ronda, e com boas prestações esta sexta-feira, estão Pedro Henrique, Nicolau Von Rupp e Gony Zubizarreta. Por outro lado, José Ferreira, finalista vencido da primeira etapa na Ericeira, esteve desencontrado com as condições do mar, sendo eliminado por Francisco Alves (1º) e Elohe Alvarez (2º) mas à frente de Francisco Duarte (4º).

Nota ainda para Vasco Ribeiro, 22 anos, 3º do ranking, que, apesar de ainda não ter surfado o seu heat da segunda ronda, totalizou 17 pontos (9,25 e 7,75), a maior pontuação da prova até ao momento, no seu heat da primeira ronda.

Na competição feminina, a ex-bicampeã nacional Teresa Bonvalot, foi autora do melhor total do dia ao fazer 14,25 pontos. Perto da surfista cascalense, Camilla Kemp, atual vice-campeã nacional, também esteve em bom plano na sua bateria, garantindo também passagem para a fase seguinte. A fechar a ronda, Mafalda Lopes, não se encontrou com as condições, ficando assim afastada da competição, no que foi uma das surpresas do dia.

*Teresa Bonvalot a surfar bem as esquerdas da Baía. Click by Pedro Mestre/ANS

Para amanhã, Sábado, dia 13, o recomeço da competição está marcado para as 8:00 da manhã.

Perfil em destaque

  • Mariana Garcia  Mariana Garcia 

    Tem 17 anos, muito talento e acaba de fazer uma final na Liga Nacional de Surf… 

Scroll To Top