Ribeira d'Ilhas assistiu a uma grande final ibérica. Ribeira d'Ilhas assistiu a uma grande final ibérica. Foto: Hugo Silva/Red Bull

Itens relacionados

quinta, 09 março 2017 10:23

Red Bull Rivals: Triunfo em casa não chegou!

Equipa portuguesa dominou em Ribeira d’Ilhas, mas isso não foi suficiente… 

 

As ondas chegaram ontem, quarta-feira, a Ribeira D'Ilhas e, em casa, a equipa portuguesa conseguiu mostrar o seu valor vencendo a segunda e última etapa do maior confronto ibérico de surf: o Red Bull Rivals

 

No entanto, este triunfo não foi suficiente para superar a larga vantagem que Espanha trazia da etapa de Mundaka. Portanto, no final de contas, a equipa vencedora no global das duas etapas foi mesmo a espanhola.

 

Num dia que desde cedo prometeu muita ação, Mica Lourenço enfrentou Eneko Merino no duelo de Weekend Warriors, que, desta vez, foi vencido pelo experiente surfista local, mostrando uma grande consistência durante toda a etapa. 

 

Seguiu-se o embate entre os surfistas Juniores que opôs Guilherme Fonseca a Iker Amatriain, no qual o português saiu vitorioso usando muito bem o seu jogo de rail e manobras seguras. 

 

Seguiram-se as Girls num heat onde Carina Duarte não conseguiu impôr-se a Ariane Ochoa, ex-campeã europeia júnior, que, apesar de uma pequena lesão no joelho, se apresentou em excelente forma na Ericeira. 

 

Nos dois heats seguintes, os espetadores presentes na praia, bem como os que assistiram via Streaming, tiveram a oportunidade de ver duas performances dominadoras de José Ferreira e de Tomás Fernandes (acabado de chegar da Austrália), que venceram de forma muito convincente, e em grande estilo, os seus opositores, Natxo González e Illán Urkía. 

 

Os confrontos man-on-man chegaram ao fim com o duelo entre os Capitães e lendas de cada um dos seus países: Tiago Pires e Aritz Aranburu. Neste heat, Aritz mostrou-se à vontade com a direita de Ribeira D'Ilhas e, graças a uma boa escolha de ondas, conseguiu superar Saca.

 

Já com os 12 surfistas dentro de água, iniciou-se o heat por equipas, onde Portugal superiorizou-se claramente contra Espanha com José Ferreira e Tomás Fernandes em novo destaque, fazendo uso da vasta experiência que têm em competição neste spot. A dupla portuguesa soube escolher as melhores ondase, nelas, aplicar fortes carves de frontside.

 

No final das duas etapas o resultado ficou em 15-20 a favor dos nuestros hermanos.

 

Os scores:

 

Heats man-on-man:

Weekend Warrior: Eneko Merino 0 – Mica Lourenço 2

Junior: Iker Amatriain 0 – Guilherme Fonseca 1

Girl: Ariane Ochoa 2 – Carina Duarte 0

Pro/Am: Natxo González 0 – José Ferreira 1 

Local Hero: Illan Urkía 0 – Tomás Fernandes 1

Capitão: Aritz Aranburu 1 – Tiago Pires 0

 

Heat por Equipas:

Espanha 0 – Portugal 6

 

Pontos Extra:

Voto do público: Espanha (1 ponto)

Melhor onda: José Ferreira/Tomás Fernandes (Portugal) 1 ponto 

Melhor manobra: José Ferreira (Portugal) 1 ponto

 

Score Etapa de Ribeira D'Ilhas:

Espanha 4 – Portugal 13

 

Score Etapa de Mundaka:

Espanha 16 – Portugal 2

 

Score Total: 

Espanha 20 – Portugal 15

 

--

Fonte: Red Bull Portugal 

Perfil em destaque

  • Nilton Freitas Nilton Freitas

    Local de Porto da Cruz é um dos novos valores madeirenses… 

Scroll To Top