Miguel Blanco a lutar pela qualificação nas pequenas ondas de Hainan. Miguel Blanco a lutar pela qualificação nas pequenas ondas de Hainan. Foto: WSL

Itens relacionados

quinta, 16 novembro 2017 12:09

100% de sucesso para comitiva lusa no Hainan Surfing Open

55.ª etapa da World Qualifying Series, na China, já arrancou… 

 

Do outro lado do globo já começou o Jeep International Hainan Surfing Open (QS3,000), 55.ª etapa da World Qualifying Series da WSL que acontece entre 16 e 19 deste mês. São quatro os surfistas portugueses que participam no evento, visando ganhar experiência e melhorar a sua posição no ranking QS, tendo Jácome Correia, Miguel Blanco e Luís Perloiro vencido as suas baterias do Round 1. 

 

Luís Perloiro foi o primeiro a entrar na água, no Heat 3, e, apesar das ondas muito pequenas, de 0,5 metros e afetadas pelo vento, o jovem surfista lisboeta levou a melhor sobre a concorrência, deixando o australiano Jaymes Triglone em segundo lugar e o chinês Ling Junwei em terceiro. 

 

Dois heats mais tarde foi a vez de Miguel Blanco ser chamado à ação. O surfista carcavelense, conhecido por procurar sempre ondas mais perfeitas, esteve definitivamente fora da sua zona de conforto neste primeiro dia de prova, mas ainda assim alcançou o primeiro lugar na bateria e um dos maiores scores do dia - 12.50 num máximo de 20 pontos. 

 

O Heat 7 viu mais um português a terminar em primeiro lugar. Não foram favas contadas, mas o açoriano Jácome Correia encontrou a melhor onda da bateria e acabou por selar as contas nas águas de Lingsui, deixando Zak Condon, da Austrália, em segundo, e Huang Zhuqing, da China, em terceiro. 

 

Com 100% de sucesso nas baterias disputadas, os três jovens atletas lusos juntam-se agora a Tomás Fernandes no Round 2. Conhece as suas baterias: 

 

Heat 3: Luís Perloiro (Portugal) x Quinn Bruce (Austrália) x Pedro Neves (Brasil) x Rio Waida (Indonésia)

Heat 5: Miguel Blanco (Portugal) x Reo Inaba (Japão) x Riki Horikoshi (Japão) x Keijiro Nishi (Japão)

Heat 7: Jácome Correia (Portugal) x Kaiki Yamanaka (Japão) x Jared Hickel (Austrália) x Alvaro Malpartida (Peru)

Heat 12: Tomás Fernandes (Portugal) x Gatien Delahaye (França) x Adrian Garcia (Peru) x Yuri Gonçalves (Brasil)

 

Ainda sobre o primeiro dia de competição na China, foi a estrela brasileira, Samuel Pupo, quem pareceu mais confortável nas pequenas ondas e acabou por conquistar todas as atenções. Pupo registou 13.25 pontos, o score mais alto do dia, numa mostra de puro surf progressivo. 

 

A prova é na verdade o último QS3,000 da temporada e, além dos QS10,000 que têm lugar no Havai, já só restam o Pismo Beach Open (QS1,000 na Califórnia, 17 a 19 de novembro) e o Taiwan Open of Surfing (QS1,500 de Taiwan, 22 a 26 de novembro) no calendário do QS. 

 

Acompanha em direto, a partir das 23 horas, AQUI

Vê também o desempenho dos portugueses no Havai, AQUI

Perfil em destaque

  • Constância Simões Constância Simões

    Esta semana fomos até à ponta sul do país, ao Algarve, falar com uma nova promessa do surf feminino… 

Scroll To Top