Vasco Ribeiro e o seu caddy Filipe Vilaça. Vasco Ribeiro e o seu caddy Filipe Vilaça. WSL / Kelly Cestari

Itens relacionados

sábado, 08 julho 2017 07:09

VASCO RIBEIRO CONQUISTA 5200 PRECIOSOS PONTOS NO BALLITO PRO

Português alcançou os quartos de final,(5º lugar no evento),  tendo sido eliminado por um inspirado William Cardoso (Brasil)...

Ondulação decresceu um pouco em Ballito neste ultimo dia de competição. Após as enormes performances de Vasco Ribeiro durante o dia de ontem, sexta feira 07 de Julho, o atleta Português competiu no quarto heat dos quartos de final juntamente com William Cardoso, conhecido pela sua atitude e power surf. Vasco começou bem o heat a escolher uma onda com potencial e surfando-a alcançando uma nota na  casa dos seis pontos. William Cardoso respondia da mesma forma e passava o atleta Português por poucas décimas. Mas foi a meio da bateria que o atleta Brasileiro começava a construir um resultado fortíssimo ao manter-se na zona onde as ondas com mais potencial quebravam e atacando o lip com muito power e eficácia. Vasco Ribeiro não baixou os braços até ao final embora as ondas que lhe apareceram não lhe permitiram mostrar o seu surf, tendo sido eliminado. Mesmo assim podemos considerar que foi um excelente resultado, tendo em conta a sua performance super sólida e convincente até aos quartos de final e também o alcance de 5200 preciosos pontos para o ranking mundial de qualificação.

No caminho até esta fase, Ribeiro eliminou vários surfistas de renome internacional, destacando-se Nat Young, Patrick Gudauskas, Yadin Nicol e Ricardo Christie, todos eles ex-surfistas do circuito mundial de surf (CT).

Com este resultado, o surfista de 22 anos amealhou 5200 pontos, que lhe permitiram dar um salto considerável no ranking. Vasco totaliza agora, 8470 pontos que o deixam, para já, em 13º lugar do ranking QS. Recorde-se que, para se qualificarem para o CT, os surfistas devem terminar o ano num dos 10 primeiros lugares do Circuito Mundial de Qualificação.

 

O QS 10.000 Ballito Pro terminou hoje com a vitória de Jordy Smith, tendo como segundo classificado o Brasileiro Willian Cardoso. Vê todos os detalhes do evento aqui

O Sul Africano Jordy Smith venceu o Brasileiro Willian Cardoso e concordou que este ano ganhará o título mundial de surf da WSL. Click by Kelly Cestari / WSL

Perfil em destaque

  • Francisco Pinto Francisco Pinto

    Diretamente do Magoito para o Perfil da Semana na Surftotal… 

Scroll To Top