O aspeto de The Cove, a nova piscina de ondas artificiais que será lançada pela Wavegarden. O aspeto de The Cove, a nova piscina de ondas artificiais que será lançada pela Wavegarden. Foto: DR

Itens relacionados

segunda, 09 janeiro 2017 16:21

SELEÇÃO AUSTRALIANA VAI TREINAR EM ONDAS ARTIFICIAIS PARA OS JOGOS OLÍMPICOS DE TÓQUIO

Sydney, Melbourne e Perth estão na calha… 

 

Nós já temos vindo a falar da crescente procura por piscinas de ondas artificiais. Um pouco pelos quatro cantos do globo, as piscinas de ondas têm vindo a ganhar popularidade e são já várias as que estão disponíveis para usufruto e lazer pessoal. 

 

Na Austrália, por exemplo, que é muito provavelmente o país mais surf do planeta, cujo costa é imensa e pejada de boas ondas, foram vários os projetos revelados nos últimos meses. Porém, uma notícia recente garante mesmo a construção de três piscinas muito em breve - em Sydney, Melbourne e Perth. 

 

A mesma notícia adianta que as mesmas servirão como palco de treinos da Seleção Australiana de Surf que irá competir nos Tóquio 2020. É que, os Jogos Olímpicos estão agora a uma distância de três anos e há que começar a preparar tudo… e a Austrália não vai querer, definitivamente, ficar fora das medalhas.

 

Segundo revela a peça, os motivos de se optar por treinar em piscinas de ondas artificiais é fácil. É que a sua mecanização, a réplica perfeita de uma onda atrás de uma outra onda, é um factor positivo na evolução, fazendo com que os atletas progridam em poucos dias o que demorariam meses a fazer em mar aberto. 

 

A imprevisibilidade do oceano é uma das maravilhas do surf, pois desta forma este nunca é igual e oferece sempre novas sensações e abordagens, mas no que toca a evolução e a resultados imediatos não joga nada a favor. 

 

Para Sydney, Melbourne e Perth os planos são para construir uma nova piscina que se chama The Cove. Esta está associada à tecnologia já existente da espanhola Wavegarden, mas o projeto só será revelado no próximo mês de fevereiro. 

 

The Cove apresenta uma forma algo diferente ao já existente. A lagoa tem o aspeto de um campo de beisebol, em diamante (ver foto no topo), e diz-se que consegue debitar mail de mil ondas por hora (cerca de 16 ondas por minuto), até 2 metros de altura e ao longo de 18 segundos. 

 

Melbourne será a primeira a abrir portas, já no final do ano. Isto está a ficar emocionante. 

 

Perfil em destaque

Scroll To Top