Depois de uma longa ausência, de um ano de afastamento, o australiano Owen Wright vai voltar a competir na WSL. Depois de uma longa ausência, de um ano de afastamento, o australiano Owen Wright vai voltar a competir na WSL. Foto: WSL

Itens relacionados

sexta, 23 dezembro 2016 10:11

OWEN WRIGHT RECEBE WILDCARD E ESTÁ DE REGRESSO AO WORLD TOUR

O australiano está de volta à World Surf League…  

 

Os rostos e os nomes dos surfistas, masculinos e femininos, que irão compor o circuito mundial em 2017 já são conhecidos (podes ver a lista completa aqui). 

 

Os 34 surfistas que irão competir no World Tour são compostos pelo top 22 do Championship Tour da presente temporada, o top 10 da Qualifying Series e 2 wildcards escolhidos pela World Surf League. 

 

Um dos wildcards foi para Bede Durbidge e o outro para Owen Wright. Ambos estiveram lesionados praticamente o ano todo e assim faz sentido que sejam contemplados com uma vaga para o CT 2017. 

 

Entretanto, Bede já fez o regresso no Havai e até passou umas baterias no Pipe Masters. Já Owen mantém-se pela Austrália, em recuperação, mas já surfa com pranchas pequenas e ao mais alto nível (vê a prova aqui). 

 

No entanto, apesar de merecer um voto de confiança da WSL, esta não deixou de fazer uma ressalva: a participação de Owen Wright no World Tour está dependente de uma avaliação médica que ateste em pleno as suas faculdades para competir ao mais alto nível e em ondas exigentes. 

 

A WSL deixou ainda saber que, caso Owen não consiga preencher o lugar, por não preencher os requisitos mencionados, este será assegurado pelo brasileiro Alejo Muniz. 

Perfil em destaque

Scroll To Top