Michel Bourez vence derradeira etapa da temporada 2016. Michel Bourez vence derradeira etapa da temporada 2016. Foto: WSL

Itens relacionados

terça, 20 dezembro 2016 09:05

MICHEL BOUREZ VENCE PIPE MASTERS, JOHN JOHN ROUBA A TRIPLE CROWN E EZEKIEL LAU QUALIFICA-SE PARA O CT

Kanoa Igarashi faz a sua primeira final em Banzai Pipeline… 

 

Foi um dia pleno de emoções e surpresas aquele que se viveu ontem em Banzai Pipeline no último dia do Billabong Pipe Masters in Memory of Andy Irons, a última etapa do Championship Tour em 2016 e da Hawaiian Triple Crown. 

 

 

Michel Bourez foi o grande vencedor tendo vencido pelo caminho até à final Kolohe Andino, John John Florence e Filipe Toledo, entre outros. No último heat venceu o norte-americano Kanoa Igarashi. A vitória em Pipe é também a terceira da carreira do taitiano, mas o melhor resultado e a segunda final em que esteve presente esta temporada. Com este resultado, Bourez termina em 6.º lugar no ranking do World Tour. 

 

Já Kanoa Igarashi, de 19 anos, o mais novo competidor de sempre na elite mundial, aproveitou para fazer a sua primeira final da carreira em Pipeline - naquela que foi também a sua primeira partipação no Pipe Masters - com uma atuação impecável em Backdoor. Pelo caminho, conseguiu o seu melhor resultado da temporada e afastou Kelly Slater e Jordy Smith, entre outros. Igarashi já estava assegurado no CT através da Qualifying Series, mas o resultado acabou por ser importante porque colocou-o em 20.º lugar no ranking conseguindo assim uma dupla qualificação (através do 'QS e do World Tour), ajudando a colocar o havaiano Ezekiel Lau, seu colega de equipa na Quiksilver, que se encontrava em 11.º lugar do WQS, dentro do CT. 

 

Kelly Slater, que era um dos grandes favoritos à vitória, num evento que já venceu por sete vezes na carreira, terminou em terceiro lugar, nas meias-finais, frente a Igarashi, mas com uma performance de se lhe tirar o chapéu. O norte-americano termina a temporada num fantástico 7.º lugar na geral, com uma vitória no Billabong Pro Tahiti, dois terceiros e dois quintos lugares. Depois de um arranque de temporada meio tremido, que meteu os fãs na dúvida, Slater dá a volta à questão e termina (quase) em beleza. 

 

 

Nat Young e Keanu Asing, apesar de todo o esforço e do havaiano até ter vencido uma etapa (em França), estão fora do CT, enquanto os brasileiros Wiggolly Dantas e Miguel Pupo asseguraram as derradeiras posições do “cut”, em 21.º e 22.º lugar, respetivamente. Também garantiram a continuidade no Tour na próxima temporada, ao terminar entre os 22 primeiros lugares, Stu Kennedy, em 19.º lugar, e Conner Coffin, em 17.º lugar. Já Jeremy Flores (França), Jadson André (Brasil) e Jack Freestone (Austrália) não conseguiram a manutenção na prova de Pipe e via principal, mas já a tinham assegurado através da via secundária (WQS). 

 

No que diz respeito à Hawaiian Triple, se Frederico Morais tem garantido a passagem à terceira ronda tinha ganho o troféu, mas assim deixou deixou a conquista da mesma para outros. O sul-africano Jordy Smith teve hipótese de a conquistar, mas ao perder nos 1/4 de final deixou-a nas mãos de John John Florence que conseguiu o feito pela terceira vez na carreira. Ao título mundial, à vitória no Eddie Aikau conseguida no início do ano e às vitórias no Rio de Janeiro e em Peniche, o miúdo havaiano junta também a Triple Crown esta temporada. Para o próximo ano é ele quem irá vestir a camisola amarela e liderar os 34 melhores surfistas do globo. 

 

A época está agora terminada e regressa em março de 2017 na Gold Coast, Austrália. Ranking final em rodapé. 

 

Final

1: Michel Bourez (PYF) 7.53

2: Kanoa Igarashi (USA) 6.17

 

Meias-finais

SF1: Michel Bourez (PYF) 15.37 def. Kolohe Andino (USA) 13.93

SF2: Kanoa Igarashi (USA) 15.50 def. Kelly Slater (USA) 15.00

 

Quartos-de-final

QF1: Kolohe Andino (USA) 14.87 def. Jeremy Flores (FRA) 12.67

QF2: Michel Bourez (PYF) 17.20 def. John John Florence (HAW) 14.00

QF3: Kelly Slater (USA) 11.50 def. Josh Kerr (AUS) 10.24

QF4: Kanoa Igarashi (USA) 18.03 def. Jordy Smith (ZAF) 15.74

 

Ronda 5

H1: Jeremy Flores (FRA) 15.17 def. Joel Parkinson (AUS) 4.53

H2: Michel Bourez (PYF) 16.80 def. Filipe Toledo (BRA) 15.50

H3: Kelly Slater (USA) 14.34 def. Ryan Callinan (AUS) 10.17

H4: Jordy Smith (ZAF) 18.10 def. Nat Young (USA) 16.17

 

Perfil em destaque

  • João Clara João Clara

    Novo perfil da semana revela mais um futuro talento das águas nacionais... 

noticias_lateral
Scroll To Top