Frederico Morais é o melhor português no ranking WQS. Frederico Morais é o melhor português no ranking WQS. Foto: WSL

Itens relacionados

quarta, 11 outubro 2017 14:05

As contas do ranking WQS após a prova de Cascais

O que mudou após o QS10,000 de Cascais? 

 

Depois do EDP Billabong Pro Cascais, QS10,000 e 47.ª etapa da World Qualifying Series da WSL, o top 10 do circuito mundial de qualificação contou com algumas mudanças que não alteraram muito a situação já existente nos lugares da frente. 

 

O brasileiro Jesse Mendes mantém-se em primeiro lugar e, com os seus imponentes 25.400 pontos, já está assegurado no World Tour 2018. Willian Cardoso (Brasil) beneficiou do quinto lugar conseguido no Guincho para subir cinco posições no ranking - encontrando-se agora em 4.º lugar. 

 

Michael Rodrigues (Brasil) e Michael February (África do Sul), por seu turno, desceram quatro lugares e encontram-se agora em oitavo e nono lugar, respetivamente. 

 

O havaiano Ezekiel Lau, que venceu o QS10,000 português com uma atuação estrondosa, teve uma subida fulminante de 93 lugares, estando agora em 12.º no ranking. 

 

Após Cascais, Alejo Muniz (Brasil) subiu oito lugares e está em 16.º, Italo Ferreira (Brasil) subiu oitenta posições e está em 17.º, Jadson Andre (Brasil) subiu quarenta e duas posições está em 24.º, Joan Duru (França) subiu quarenta e quatro lugares e está em 27.º, Stuart Kennedy (Austrália) subiu trinta e dois lugares e encontra-se em 31.º da tabela mundial. 

 

Relativamente à armada lusa, Frederico Morais, eliminado por Zeke Lau nas meias-finais, terceiro classificado na prova cascalense, subiu vinte e três posições e encontra-se em 13.º lugar. Frederico Morais é o melhor português rankeado no WQS, mas, face a encontrar-se no momento em 11.º lugar no CT, não deve precisar destas contas quando chegar o final do ano. 

 

Vasco Ribeiro, por sua vez, caiu oito lugares e está agora em 33.º lugar com 8.470 pontos. O português vai ter que dar tudo na perna havaiana para garantir de vez a qualificação. 

 

Nic von Rupp, que fez um terceiro lugar recentemente na Siargao Cloud 9 Surfing Cup (QS3,000), encontra-se em 123.º lugar. Pedro Henrique é 132.º classificado neste momento e Tomás Fernandes ocupa o 160.º posto.

 

Para já, confere o top 10: 

 

Perfil em destaque

Scroll To Top