Vasco Ribeiro, campeão nacional de surf, a competir no Guincho. Vasco Ribeiro, campeão nacional de surf, a competir no Guincho. Foto: Pedro Mestre/ANSurfistas

Itens relacionados

terça, 10 outubro 2017 15:01

5101 ondas foram surfadas na Liga MEO Surf 2017

Pegámos na máquina calculadora e demos lugar à aritmética...

 

Logo após o final da Liga MEO Surf 2017, com a derradeira etapa a ter lugar em ondas desafiantes na Praia do Guincho, Cascais, a redação da Surftotal juntou-se para a análise do circuito. Na altura, esmiuçámos os vencedores de cada etapa, o número de vitórias conseguidas por cada um, bem como as entradas e saídas do novo top 16 nacional, quer no masculino quer no feminino. 

 

Numa peça exclusiva, podes ver tudo aqui

 

Pois bem, hoje, decidimos revelar uma pequena parte dos números que ajudou a compor o sucesso de cada uma das etapas da Liga em 2017. A totalidade das ondas surfadas, o número de ondas com pontuações excelentes, as melhores notas que foram atribuídas ao longo do ano e ainda os melhores scores combinados da temporada. 

 

Vê tudo já de seguida: 

 

- Miguel Blanco dominou os números do Allianz Figueira Pro. Foto: Pedro Mestre/ANSurfistas

 

1.ª etapa: Allianz Ericeira Pro

Praia de Ribeira d’Ilhas, Ericeira

Vencedores: Tiago Pires & Carol Henrique

 

Número de ondas realizadas: 858 

Ondas excelentes (8.01 a 10 pontos): 19 (2.2%)

Melhor onda masculino: 9.60 pontos ex-aequo Vasco Ribeiro (Heat 33) e Tiago Pires (Heat 36)

Melhor onda feminino: 9.25 pontos por Teresa Bonvalot (Heat 12)

Melhor score masculino: 18.25 pontos por Tiago Pires (Heat 36)

Melhor score feminino: 18.25 pontos por Teresa Bonvalot (Heat 12)

 

2.ª etapa: Renault Porto Pro

Praia de Matosinhos, Porto

Vencedores: Vasco Ribeiro & Teresa Bonvalot

 

Número de ondas realizadas: 1197

Ondas excelentes (8.01 a 10 pontos): 16 (1.3%)

Melhor onda masculino: 9.55 pontos por Tiago Pires (Heat 35)

Melhor onda feminino: 9.60 pontos por Teresa Bonvalot (Heat 17)

Melhor score masculino: 17.25 pontos por Gony Zubizarreta (Heat 34)

Melhor score feminino: 17.25 pontos por Teresa Bonvalot (Heat 17)

 

3.ª etapa: Allianz Figueira Pro

Praia do Cabedelo, Figueira da Foz

Vencedores: Pedro Henrique & Teresa Bonvalot

 

Número de ondas realizadas: 845

Ondas excelentes (8.01 a 10 pontos): 33 (3.9%)

Melhor onda masculino: 9.60 pontos por Miguel Blanco (Heat 13)

Melhor onda feminino: 10.00 pontos por Teresa Bonvalot (Heat 15)

Melhor score masculino: 18.85 pontos por Miguel Blanco (Heat 13)

Melhor score feminino: 15.80 pontos ex-aequo por Teresa Bonvalot e Camilla Kemp (Heat 15)

 

4.ª etapa: Allianz Sintra Pro

Praia Grande, Sintra

Vencedores: Vasco Ribeiro & Carol Henrique

 

Número de ondas realizadas: 1218

Ondas excelentes (8.01 a 10 pontos): 17 (3.9%)

Melhor onda masculino: 9.60 pontos por Vasco Ribeiro (Heat 12)

Melhor onda feminino: 9.50 pontos por Teresa Bonvalot (Heat 4)

Melhor score masculino: 18.70 pontos por Vasco Ribeiro (Heat 12)

Melhor score feminino: 16.50 pontos ex-aequo por Teresa Bonvalot (Heat 4) e Carol Henrique (Heat 13)

 

5.ª etapa feminina: Miss Activo Cup

Praia da Costa Nova, Ílhavo

Vencedora: Carol Henrique

 

Número de ondas realizadas: 133

Ondas excelentes (8.01 a 10 pontos): 0 (0.0%)

Ondas boas (6.01 a 8.00 pontos): 8 (6.0%)

Melhor onda feminino: 7.75 pontos por Carol Henrique (Heat 8)

Melhor score feminino: 13.20 pontos por Carol Henrique (Heat 8)

  

5.ª etapa (6.ª feminina): Bom Petisco Cascais Pro

Praia do Guincho, Cascais

Vencedores: Pedro Henrique & Camilla Kemp

 

Número de ondas realizadas: 850

Ondas excelentes (8.01 a 10 pontos): 5 (0.6%)

Melhor onda masculino: 9.50 pontos por Kiron Jabour (Heat 28)

Melhor score masculino: 18.40 pontos por Kiron Jabour (Heat 28)

Melhor score feminino: 9.75 pontos por Camilla Kemp (Heat 7)

 

O total de ondas surfadas é imponente (5101), mas fica o registo de que apenas 90 (leia-se noventa) acabou por entrar na casa da excelência (entre os 8.01 e 10 pontos). Vasco Ribeiro, a par de Tiago Pires, Teresa Bonvalot e Carol Henrique são os nomes que mais sobressaem no campo dos melhores desempenhos competitivos da temporada 2017. 

 

Vale ainda realçar que, relativamente à Liga, desde 2008 até à presente temporada, é Frederico Morais quem detém o maior número de vitórias - 12. Segue-se Vasco Ribeiro, em segundo lugar, que, com as duas vitórias conseguidas este ano (Porto e Sintra), regista agora um total de 9 primeiros lugares no pódio desde que participa na Liga. 

 

Nas senhoras, Teresa Bonvalot aproveitou para igualar a marca de Carina Duarte com as vitórias que conseguiu no Porto e na Figueira da Foz. Ambas seguem agora na frente das contas com 11 vitórias cada uma. Carol Henrique e Camilla Kemp ocupam os lugares seguintes com 7 e 6 vitórias, respetivamente. 

 

- Camilla Kemp alcançou a vitória na derradeira etapa do tour. Foto: Pedro Mestre/ANSurfistas

Perfil em destaque

Scroll To Top