Ian Gouveia, 24 anos, está pronto para atacar a Championship Tour. Ian Gouveia, 24 anos, está pronto para atacar a Championship Tour. Foto: Poullenot/WSL

Itens relacionados

segunda, 09 janeiro 2017 17:14

ROOKIES NO CT2017: IAN GOUVEIA

Filho de peixe sabe nadar… 

 

A reta final do Circuito Mundial de Qualificação (WSQ) da World Surf League foi uma árdua batalha entre mais de quarenta surfistas. O português Frederico Morais foi um dos que garantiu a qualificação à divisão principal do surf mundial, tal como três australianos, um italiano, dois franceses, um havaiano e dois brasileiros. (Vê a lista final aqui)

 

Desta forma, ao longo dos próximos dias, a Surftotal vai apresentar-te, um a um, os sete “rookies” do CT 2017. O primeiro que apresentámos foi o francês Joan Duru, seguiu-se o australiano Ethan Ewing e agora é a vez do brasileiro Ian Gouveia.  

 

 

Ian Gouveia, 24 anos, aproveitou a sua técnica apurada e o vasto arsenal aéreo para chegar à velhinha Europa e subir que nem um desalmado no ranking da World Qualifying Series da WSL. Uma final em Pantín e uma vitória nos Açores, ambos eventos de categoria QS6000, meteram o jovem surfista brasileiro na rota da qualificação e dentro do top 10 da competitiva 'QS. 

 

O pai de Ian é Fábio Gouveia, um dos maiores ícones do surf brasileiro que em tempos correu o World Tour e desbravou terreno para toda a armada “zuca". Por esse motivo, o pequeno Gouveia carrega agora a responsabilidade de ter que “fazer bem e bonito” no circuito mundial. 

 

Numa entrevista recente, Ian referiu que a chave do sucesso para a qualificação foi “a dedicação, pois quem deseja chegar longe seja no que for tem que se dedicar muito. Há muitos brasileiros assim, com muita força interior e dedicação, que no final acabam por alcançar os seus objetivos.”

 

O surf que tem vindo a apresentar não é feito apenas à base de aéreos, mas também é carregado de velocidade e manobras bem portentosas onde aproveita para atirar muita água para o ar. É um estilo que poderemos chamar de moderno e que poderá ser do agrado dos juízes da WSL - que poderão vê-lo como uma espécie de “lufada de ar fresco”. Uma coisa parece-nos evidente: é bem passível de obter bons resultados em determinadas ondas. 

 

- Surf afiado e bem portentoso são algumas das armas de Ian Gouveia. Foto: WSL

 

Os seus melhores resultados esta última temporada foram uma vitória no Azores Airlines Pro (QS6000), um 3.º lugar no Billabong Pro Cascais (QS10000), um 3.º lugar em Pantín (QS6000), um 9.º lugar no Hang Loose Pro Contest (QS6000) e um 17.º no QS10000 de Sunset Beach. 

 

A média pontual por heat na sua carreira, de acordo com a WSL, é de 13.21 pontos. 

 

--

>> VÊ AQUI O “PROFILE” DE ETHAN EWING

 

 

 

 

Perfil em destaque

  • HUGO SILVA HUGO SILVA

    Tem apenas 12 anos e chega-nos da Ericeira… 

Scroll To Top