Itens relacionados

quarta, 17 janeiro 2018 10:43

ASCC divulga plano de atividades para 2018

 

Muitas novidades para a presente época competitiva… 

 

A ASCC - Associação de Surf da Costa de Caparica divulga o plano de actividades de 2018 cujo objectivo é manter e melhorar o desempenho demonstrado nos anos transactos além de solidificar as estruturas criadas para as modalidades de surf, bodyboard, bodysurf e skate.

 

Este ano há novidades no apoio à formação da nova geração de surfistas e na no skate com dois eventos que irão dinamizar a mais recente aposta do clube.

 

Começando pelo Circuito ASCC Caparica Power 2018 sponsored by Almada Forum, vão manter-se no calendário quatro etapas para definir os campeões das categorias de Sub-12, Sub-14, Sub-18, Open e Feminino. De notar a introdução dos Sub-12, uma novidade para dar possibilidade aos mais jovens surfistas de competirem com adversários do mesmo nível.

 

Este circuito, que se realiza pelo sexto ano consecutivo, é uma referência a nível nacional contribuindo para o desenvolvimento do surf na Costa de Caparica recebendo igualmente atletas de todo o país e surfistas internacionais que competem no circuito mundial de qualificação da World Surf League. A nível local, além de proporcionar aos atletas todas as condições para competirem e mostrarem o seu talento, é um circuito que serve de preparação e selecção dos atletas do clube para a Taça de Portugal de Surfing. Outra das novidades deste ano é a introdução do novo sistema rotativo de prioridades adoptado pela Federação Portuguesa de Surf que segue o critério das provas da World Surf League.

 

Outra das novidades deste ano é o ASCC Super Groms powered by Primus Surfboards, campeonato único que englobará as categorias de Sub-8, Sub-10, Sub-12 e Sub-14 

Masculino e Sub-14 Feminino. Este é um novo projeto para a formação de novos atletas que visa ser uma iniciação à competição num ambiente divertido com surfistas, pais e treinadores. E o prémio por parte do patrocinador é aliciante: os campeões de cada categoria terão direito a um contrato de patrocínio durante um ano com a marca, caso ainda não possuam patrocínio de pranchas.

 

O Rip Curl GromSearch está de regresso após o sucesso do ano passado. Um dos eventos mais importantes a nível nacional dedicados à nova geração vai novamente realizar-se nas ondas da Caparica sob organização da ASCC. Esta prova vai contar os melhores surfistas juniores a nível nacional que vão lutar pelos lugares que darão acesso à final europeia e, posteriormente, à finalíssima a nível mundial.

 

Pelo terceiro ano consecutivo vai decorrer a 1ª etapa do Circuito Regional da Grande Lisboa, prova integrada no Circuito Nacional de Surf Esperanças que engloba as categorias de Sub-14, Sub-16 e Sub-18. A nova geração vai estar em peso na Caparica dando aqui início à luta pelos títulos nacionais.

 

Ainda em relação ao Circuito Nacional de Surf Esperanças, há uma novidade com a ASCC a organizar, pela primeira vez, este ano, a Finalíssima Nacional Surf Esperanças Sub-16. Quer isto dizer que a emoção vai estar ao rubro uma vez que o título nacional desta categoria vai ser atribuído na Caparica.

 

No bodyboard e bodysurf, a ASCC irá organizar novamente o ASCC Horta Memorial Bodyboard e o ASCC Bodysurf AM. Ambas as provas vão juntar a comunidade e apoiar o desenvolvimento destas modalidades que, no caso do bodyboard, já tantas glórias trouxe ao clube, à Caparica e ao país.

 

Outra das novidades deste ano é o regresso do Campeonato Nacional de Surf Masters, prova que irá apurar os campeões desta categoria que, em 2016, teve enorme sucesso na Praia do Marcelino com uma adesão notável por parte dos veteranos. A cultura e a história do surf nacional estiveram bem presentes nesse evento envolvidas num saudável espírito de competição onde a nova geração pôde assistir às performances daqueles que contribuíram para o surf ter a actual importância e dimensão em Portugal.

 

A ASCC vai atribuir wildcards aos seus melhores atletas para competirem no Caparica Junior Pro, prova do Circuito Europeu Pro Junior integrada no Primavera Surf Fest.

 

Uma das grandes apostas da ASCC é a presença na Taça de Portugal de Surfing 2018, prova nacional que reúne clubes de todo o país a competir pelo troféu. Este título foi conquistado três vezes na história da ASCC sendo que, nos últimos três anos, o clube caparicano esteve sempre presente no pódio conquistando um 4º lugar (2015), 1º lugar (2016) e 3º (2017).

 

Em relação ao skate, a ASCC irá realizar o ASCC Indoor Best Trick Awards 2018 e o Caparica Grande Descida 2018 desenvolvendo esta modalidade que estava nos estatutos do clube desde a sua fundação, em 1994. Após a criação da escola de skate no ano passado, o ASCC Indoor Best Trick Awards é o primeiro evento de skate do clube e irá decorrer no Half-Pipe Indoor no Marcelino Beach Club. Alguns dos melhores skaters nacionais vão ser convidados a participar cujas performances serão transmitidas em Live Streaming e ficarão a votação no site da revista Surge. 

 

Já o Caparica Grande Descida 2018 será a primeira prova de Best Trick organizada pela ASCC em regime outdoor. Mais novidades sobre ambos os eventos serão anunciadas brevemente.

 

A ASCC irá novamente colaborar na Formação Objetivo Salvar, acção de Formação em Salvamento e Suporte Básico de Vida em parceira com a AFSS e Câmara Municipal de Almada.

 

“Estamos entusiasmados por regressar ao trabalho e apresentarmos as novidades da ASCC”, começou por dizer o presidente da ASCC, Miguel Gomes. “Desde que assumimos o rumo do clube, os últimos seis anos foram de trabalho árduo mas muito gratificante. Fortalecemos as relações humanas entre os vários intervenientes apoiadas no espírito de associativismo. Esperamos que em 2018 a Caparica volte a estar novamente no topo do surf nacional como tem acontecido nestes últimos anos. Além de consolidar o trabalho já realizado, temos novos eventos agendados para este ano com o objectivo de inovar e dinamizar. Temos também planeado realizar várias acções sociais no sentido de contribuir para a reintegração social de jovens carenciados. Por um lado, valorizamos as raízes do surf na Caparica e, por outro, trabalhamos para a formação e evolução da nova geração. Conseguirmos dar continuidade ao nosso circuito e aos campeonatos que realizámos em anos anteriores juntando novos eventos que vão decorrer, pela primeira vez, este ano, é algo que nos deixa satisfeitos com o reconhecimento da qualidade e profissionalismo do nosso trabalho. Continuamos a trabalhar com humildade que é uma característica do nosso clube". 

Perfil em destaque

  • Oscar Cauchi Oscar Cauchi

    Jovem surfista belga a viver na cidade do Porto… 

Scroll To Top