Itens relacionados

sexta, 28 julho 2017 14:16

Berlenga Ocean Challenge realiza-se amanhã

Prova a contar para os campeonatos nacionais das modalidades das federações de Canoagem e de Remo...

 

A mítica travessia Berlenga Ocean Challenge realiza-se já amanhã, unindo a ilha da Berlenga (Reserva da Biosfera da UNESCO) e Peniche em SUP, Kayak de Mar, Canoagem de Mar e Remo de Mar, sendo uma prova a contar para os campeonatos nacionais das modalidades das federações de Canoagem e de Remo e a prova de SUP um evento especial.

 

Integrada no Peniche Paddle Series 2017, a Berlenga Ocean Challenge contará com a associação da Aporvela - Associação Portuguesa de Treino de Vela, que integrará a caravela Vera Cruz na travessia, com um treino de mar.

 

A caravela portuguesa é uma embarcação rápida, inventada e usada pelos Portugueses durante o período dos Descobrimentos, nos séculos XV e XVI, de fácil manobra, apta para a bolina, de proporções modestas e que, em caso de necessidade, pode ser movida a remos. As caravelas são embarcações de fraco calado que podiam subir facilmente os rios da costa africana. Foi numa caravela que Bartolomeu Dias dobrou o Cabo da Boa Esperança, em 1488.

 

A caravela Vera Cruz é uma réplica exata das antigas caravelas portuguesas. Foi construída no ano 2000, no estaleiro naval de Vila do Conde, no âmbito da comemoração dos 500 anos do Descobrimento do Brasil. Destina-se a possibilitar o treino de vela e experiências de mar, sobretudo a jovens, a participar em provas e outros eventos náuticos, à investigação do comportamento e manobra das antigas caravelas e à realização de visitas de estudo com escolas, em Lisboa e outros portos nacionais. A caravela Vera Cruz é tripulada pelos sócios da Aporvela, que se voluntariam em viagens de treino de mar e vela, sobretudo direcionadas para os jovens.

 

“Esta prova é de facto uma grande apologia daquilo que é um desígnio de Portugal, que é o Mar,” afirma António José Correia. “É também uma apologia daquilo que é a sustentabilidade ambiental num território que é reserva da biosfera da Unesco e, por isso, quando juntamos cerca de 160 nautas, é de facto um hino ao nosso mar, um hino ao nosso desporto e, já agora, um hino a Portugal também!”, conclui o presidente da Câmara Municipal de Peniche.

 

A Berlenga Ocean Challenge terá o seguinte programa:

 

06h – Check-in/acreditação de atletas na Zona de Embarque e início do embarque de embarcações nos barcos de transporte (canoagem de mar e remo de mar) e de pessoas, SUP's e kayakmar/passeio.

Nota: Durante o check-in serão disponibilizados aos atletas kits com t-shirts técnicas microperfuradas, que contêm os números de dorsais, barrita energética, garrafa de água e uma pulseira que tem de obrigatoriamente ser colocada no momento da entrega. Os atletas de SUP, Kayak/passeio e os mais lentos de canoagem de mar serão equipados com trackers GPS/GSM por razões de segurança. 

06h30m – Transfer do local de chegada – praia do Molhe Leste – para a Zona de Embarque para a Berlenga.

06h45m - Partida dos barcos de transporte para a ilha da Berlenga.

07h45m - Chegada de atletas à ilha/desembarque.

10h30m - Partida para os atletas de SUP e Kayakmar/passeio.

11h15m - Partida para os atletas de Canoagem de Mar e Remo de Mar.

14h - Entrega de prémios.

 

Perfil em destaque

  • Gonçalo Vieira Gonçalo Vieira

    Talento da margem sul conquista atenções no novo Perfil da Semana… 

Scroll To Top