Os portugueses têm um novo herói e vão apoiá-lo, apaixonada e incondicionalmente. Os portugueses têm um novo herói e vão apoiá-lo, apaixonada e incondicionalmente. Foto: Kelly Cestari/WSL

Itens relacionados

quarta, 07 dezembro 2016 07:00

A EMOÇÃO VOLTOU AO SURF PORTUGUÊS

"As esperas pelos eventos WCT vão agora ter um sabor mais picante, as conversas antes e depois não vão ter fim, as viagens de Frederico fora do Tour serão fascinantes"...


A entrada de Frederico Morais na elite do surf mundial veio trazer um turbilhão de ar fresco ao Surf português, veio alargar o âmbito dos conteúdos noticiosos desportivos nos meios informativos generalistas, e de certa forma dinamizar ainda mais os diversos sectores da indústria do surf.


Após a saída de Tiago Pires da elite do surf mundial e do conhecimento que deu ao mundo, de Portugal e do Surf português, eis que surge uma brisa diferente que faz jus à nova geração do surf luso e mundial.


Frederico Morais é o homem capaz de derrotar Kelly Slater em ondas de um metro, fazendo manobras aéreas e é também o mesmo que vence uma grande parte dos melhores surfistas do globo em mares de mais de 10 pés. Um atleta que não sucumbe à pressão, um surfista completo, que herdou uma cultura desportiva e vitoriosa, proveniente do seio da sua querida família que o tem vindo a apoiar incondicionalmente. Possui uma personalidade distinta, um carácter único, uma disciplina inigualável e uma frieza competitiva assustadoramente assertiva. A sua flexibilidade intelectual é tal que tem a clarividência de optar pelas melhores soluções perante as barreiras que lhe têm surgido.


Um novo herói nacional surgiu, ligado ao maior recurso natural que o nosso país tem - o Mar. É um momento de orgulho para todos nós e promete não ficar por aqui.


As esperas pelos eventos WCT vão agora ter um sabor mais picante, as conversas antes e depois não vão ter fim, as viagens de Frederico fora do Tour serão fascinantes,  ou seja, todos, mais novos, mais entradotes, vão vibrar com o que o Kikas fizer daqui para a frente. Os seus patrocinadores beneficiarão de uma visibilidade extraordinária e recuperarão uma dezena ou mais de vezes o investimento já feito, o vestuário de surf e o material técnico terão um período de expressivo crescimento.

 

E se Portugal já era um paraíso do surf, agora sê-lo-á e de uma forma especial.

 

Obrigado, Frederico Morais.

Por Pedro Almendra 

Perfil em destaque

  • Nilton Freitas Nilton Freitas

    Local de Porto da Cruz é um dos novos valores madeirenses… 

Scroll To Top